HomeBebês5 técnicas para aliviar a cólica do bebê
mãe fazendo massagem na barriga do bebê

5 técnicas para aliviar a cólica do bebê

O bebê não está com fome, a fralda não está suja, ele está agasalhado e, mesmo assim, chora desesperadamente? Não entre em pânico. Isso pode ser uma crise de cólica. Esse tipo de dor abdominal é comum em recém-nascidos. É importante ressaltar que a cólica não é nenhuma doença. Ela pode aparecer entre a segunda e a terceira semana de vida do bebê e desaparecer entre o terceiro e quarto mês.

O choro de uma crise de cólica, normalmente, acontece ao entardecer, sempre no mesmo horário e dura de uma a duas horas. O bebê chora em um tom estridente, contrai o abdômen e mesmo mudando de colo não tranquiliza. Claro, cada bebê tem a sua particularidade e pode reagir melhor com um método do que com outro. Confira algumas técnicas que podem aliviar as cólicas do seu filho:

1 – Massagem na barriguinha

Assim que você perceber que o bebê está sentindo desconforto, massageie a barriguinha dele com delicadeza.  Com delicadeza, movimente as perninhas dele como se ele estivesse pedalando. Isso ajuda o bebê liberar os gases intestinais.

2 – Cuidado com o que você come

Apesar de não ser cientificamente comprovado, alguns especialistas dizem que a alimentação da mãe pode contribuir com as cólicas. Os médicos dizem que é bom evitar leite de vaca, alimentos derivados do leite, café, chocolate, feijão, batata, chá preto e etc. Evite também produtos industrializado. Nada em excesso é bom!

É importante você diminuir a ingestão desses alimentos e observar se o quadro de cólicas do bebê melhora.

3 – Aqueça a barriga do bebê

Aquecer a região abdominal de forma moderada pode aliviar a cólica. Você pode esquentar uma bolsa de água morna ou passar uma fraldinha com o ferro e colocar na barriguinha do bebê – Atenção! Muito cuidado com a temperatura elevada. A pele do bebê é muito sensível.

O contato pele a pele também pode ser uma boa saída. Em um ambiente levemente aquecido, tirar a sua roupa e a do bebê e deite a criança de bruços sobre o peito do pai ou da mãe. Além de aquecer a região abdominal, o contato com a pele, o cheiro e a voz dos pais tranquilizam o bebê.

4 – De olho na amamentação

Quando você estiver amamentando, observe se o bebê está fazendo a sucção corretamente e não está engolindo muito ar. As bolhas de ar podem agravar as cólicas. Também é imprescindível fazer o bebê arrotar e expelir esse ar.

5 – Em último caso, medique

Caso o bebê esteja sofrendo muito com as cólicas abdominais e nenhuma técnica tenha funcionado, vá ao pediatra e peça uma orientação. Nunca dê medicação por conta própria! É importante ressaltar que esses medicamentos não são preventivos. Portanto, eles só podem ser ingeridos no momento da cólica. Lembre-se: todo remédio apresenta contraindicações.

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.