HomeBebêsAmamentaçãoPesquisadores brasileiros transformam leite materno em pó
leite materno

Pesquisadores brasileiros transformam leite materno em pó

Viva a ciência brasileira! Os pesquisadores Vanessa Javera e Jesuí Vergílio Visentainer,da Universidade Estadual de Maringá (UEM), desenvolveram um método capaz de transformar o leite materno em pó sem desperdiçar os principais nutrientes! 

Como é feito?

Inédito no Brasil, o estudo consiste no processo de pasteurização do leite materno congelado, que é desidratado até virar pó, sem perder os fatores nutricionais, imunológicos e antioxidantes presentes nele. 

 leite materno

O processo de pasteurização é para evitar que doenças sejam transmitidas pelo leite doado. O leite materno sem pasteurização só pode ser consumido pelo filho da própria doadora.

O que propõe a pesquisa

O objetivo dos pesquisadores é garantir o aleitamento materno exclusivo com a oferta do produto em pó com a mesma qualidade e maior tempo de validade e, consequentemente, substituir as fórmulas infantis que são mais caras.

“Pensando que o aleitamento materno exclusivo até os seis meses de idade é realidade para apenas 40% das brasileiras, permitir que o leite materno seja viável e distribuído para a população pelo Sistema Único de Saúde é inovador”, diz Vanessa Javera, estudante de doutorado do Programa de Pós-Graduação em Ciência de Alimentos da UEM.

O leite materno em pó é uma alternativa viável para melhorar e otimizar o armazenamento, transporte e distribuição desse alimento. O resultado é importante do ponto de vista social, econômico e sustentável, afinal é uma proposta mais ágil do que é feita atualmente.

Como é funciona a doação de leite materno hoje

 leite materno

Os banco de leite funcionam com a coleta de leite materno congelado das casas das doadoras. Após a coleta, os recipientes são depositados em caixas térmicas com controle rigoroso de temperatura. Ao chegar no banco, o produto passa pelo processo de pasteurização e depois é levado para hospitais para atender bebês recém-nascidos internados. É necessário manter o produto congelado, sempre, pois ao ser descongelado, ele perde sua validade em 24 horas, devendo ser consumido o mais rapidamente possível.

Leia mais:

TOP 10 presentes para bebê que não podem faltar no enxoval

Veja como foi criado o primeiro teste de gravidez acessível para mulheres cegas!

Dieta na gravidez pode prejudicar desenvolvimento do bebê

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário