HomeBebêsEstudos indicam que analgésico atrapalha efeitos da vacina
atrapalha efeitos da vacina

Estudos indicam que analgésico atrapalha efeitos da vacina

É muito comum ver bebês com reações às vacinas, como febre e mal-estar. Algumas mamães e papais mais ansiosos são capazes até de prever a reação! E para aliviar os sintomas, ou até prevenir, são utilizados analgésicos e antitérmicos. Um estudo financiado pela empresa belga GlaxoSmithKline Biologicals, publicado na revista científica The Lancet, e realizado na República Checa, contraindica essa prática preventiva logo após a aplicação afirmando que esse tipo de medicação atrapalha efeitos da vacina. Vamos entender melhor o estudo?

atrapalha efeitos da vacina

 

Entenda o estudo sobre como a prevenção atrapalha efeitos da vacina

Pesquisadores acompanharam 459 crianças saudáveis depois de receber duas doses de vacina (primária e reforço). Essas crianças foram divididas em dois grupos, um, com 226 crianças, que foi administrado, preventivamente, três doses de Paracetamol, medicação para diminuir a febre, em intervalos de seis a oito horas, ou seja, nas 24 horas seguintes, e outro que não recebeu nenhum tratamento preventivo.

O intuito era diminuir os casos de estado febril (acima de 38ºC) depois da vacina e analisar a resposta do sistema imunológico em relação a criação de anticorpos.

 

Resultados

Tiveram febre de 38º ou mais depois da primeira dose da vacina:

  • 42% das crianças que tomaram a medicação preventiva
  • 66% das crianças do outro grupo

Tiveram febre de 38º ou mais depois do reforço da vacina:

  • 36% das crianças que tomaram a medicação preventiva
  • 58% das crianças do outro grupo

Já a concentração dos anticorpos presentes nas vacinas pneumocócicas (pneumonia e meningite), foi consideravelmente menor nas crianças que tomaram Paracetamol preventivamente.

Concluindo: os pequenos que foram menos acometidos pela febre, tiveram, também, uma menor concentração de anticorpos no organismo.

Com isso, os pesquisadores concluíram que o uso preventivo de analgésicos e antitérmicos deve ser realizada somente sob prescrição médica. E como a febre é uma das reações mais comuns às vacinas, o ideal é que você espere seu filho apresentar alguns sintomas antes de ministrar qualquer tipo de medicamento. E não esqueça de somente recorrer a remédios com o aval do pediatra do pequeno!

 

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

 

Leia mais

– Conheça as vacinas do bebê no primeiro ano de vida

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.