HomeBebêsBebê bateu a cabeça. O que fazer?
bebê bateu a cabeça

Bebê bateu a cabeça. O que fazer?

Uma das notícias que mais afligem os pais é saber que o bebê bateu a cabeça. Mas os tombos fazem parte da infância, especialmente quando os pequenos começam a arriscar os primeiros passos.

Também acontece do bebê bater a cabeça em um tombo do sofá, da cama, do trocador, do berço ou do cadeirão. Mas o que fazer? Precisa levar ao pronto-socorro?

bebê bateu a cabeça

Bebê bateu a cabeça? Examine a criança com atenção

Se o bebê bateu a cabeça em um tombo grande, os pais devem examinar a criança com atenção, em busca de uma lesão mais séria, como cortes ou inchaço intenso. Especialmente se ele bateu de costas, na região da moleira.

Quando o bebê se acalma rapidamente, o mais provável é que a queda não tinha tido consequência graves, além do susto. Para amenizar o edema, aplique uma compressa com gelo no local da batida. A família deve observar a criança nos próximos dias, para verificar qualquer mudança de comportamento.

Para a sua maior tranquilidade, vale a pena enviar uma mensagem ao pediatra e pedir alguma recomendação especial. Mas se a criança apresentar tontura, enjoo, vômito e dor, a ida ao pronto-socorro deve ser imediata.

bebê bateu a cabeça

Quando levar o bebê ao hospital?

  • Se o bebê desmaiar, tente uma manobra de ressuscitação por dois minutos e leve-o ao hospital imediatamente.
  • Se houver um corte e sangramento excessivo, que não cessa com pressão no local.
  • Se o bebê dormir horas após a queda e você tiver dificuldade para acordá-lo.
  • Se a criança estiver acordada, mas não responder a estímulos.
  • Se houver sinais de fratura, como membros desalinhados, tortos ou se a criança chorar quando tentar andar, sentar ou for manuseada.
  • Se alguma parte da cabeça parecer “fofa”, especialmente dos lados.
  • Se houver sinal de sangue na área branca dos olhos.
  • Se sair sangue ou líquido rosa no nariz ou pelas orelhas.
  • Se houver sinais de concussão (pupilas desiguais, vômito e sonolência).
  • Se houver mudanças no comportamento, fala, visão ou coordenação motora (verifique se a criança parece andar ou engatinhar de forma confusa).
  • Se a criança continuar chorando por mais de meia hora após a queda.
  • Se houver cortes profundos (quanto mais cedo os pontos forem dados, melhor para a cicatrização).

bebê bateu a cabeça

Pode dormir?

É uma dúvida comum, pois sempre ouvimos dizer que não se deve dormir após uma batida forte. Na realidade, essa regra não é tão rígida. É comum que a criança busque aconchego no colo da mãe e deseje dormir após o susto.

Uma cochilada rápida não fará mal, se o bebê bateu a cabeça mas não apresenta os sintomas que relatamos acima. O problema está no sono profundo, de mais de duas horas, que pode esconder uma lesão neurológica caso a criança demore muito para acordar.

Por isso, os especialistas recomendam evitar que a criança durma por, pelo menos, uma hora após a queda, para que os pais consigam observar qualquer sintoma.

Se o bebê bateu a cabeça à noite, espere uma hora para deixar a criança dormir e tente acordá-la cerca de duas horas depois. Esse “teste” é para checar se o bebê responderá aos estímulos e pode ser repetido mais uma vez de madrugada. Nesse caso, vale a pena dormir no mesmo quarto que o bebê para responder rapidamente caso ele acorde com dor ou com outros sintomas, como vômito.

bebê bateu a cabeça

Cabeça do bebê é mais resistente a batidas

A boa notícia é que a cabeça do bebê acaba sendo mais resistente a essas batidas. Essa característica se deve à moleira, que traz elasticidade para a região. Com isso, o crânio da criança “tolera” mais batidas sem sequelas, pois a fibra protege o cérebro.

Mas isso não significa que a família não deve tomar cuidado e tentar evitar ao máximo as quedas. O bebê ainda é muito sensível, especialmente quando falamos das funções neurológicas, que podem sofrer grande impacto em uma batida forte. Então todo cuidado é pouco!

  • Nunca deixe a criança sozinha em sofás e camas;
  • Regule a altura das grades do berço conforme a idade e desenvoltura da criança;
  • Proteja escadas e janelas com grades.

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

Leia mais

Cuidados com o bebê na praia

7 formas de prevenir a assadura no bebê

Brotoejas no bebê: entenda as causas e como tratar

Como prevenir alergias no bebê?

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.