HomeBebêsPesquisa afirma que bebês nascem com senso numérico
bebês nascem com senso numérico

Pesquisa afirma que bebês nascem com senso numérico

A medicina teve mais um avanço no que diz respeito às habilidades inatas dos seres humanos. Uma pesquisa italiana, publicada recentemente no conceituado jornal bioRxiv, estudou 24 recém-nascidos com média de idade de 51h, ou seja, cerca de dois dias de vida. A descoberta foi que os pequenos, mesmo muito antes de aprender a contar, têm a consciência de que números menores ficam à esquerda e maiores à direita (seguindo uma ordem crescente). Hoje, nossa matéria vai falar tudo sobre este estudo, que percebeu que bebês nascem com senso numérico!

bebês nascem com senso numérico

 

Entenda como os bebês nascem com senso numérico

Não precisamos chegar ao ponto de acreditar que os bebês já saibam toda a tabuada desde o berço, ou que vão amar matemática e se tornar Einsteins quando adultos. Apenas ganhamos a consciência de que o cérebro dos pequenos já vêm, de certa forma, de “fábrica” com um certo senso primitivo sobre os números.

 

O Estudo

Para analisar se os bebês nascem com senso numérico foi mostrado aos recém-nascidos uma série de imagens de quadrados brancos e pretos – que mediam 17,5 cm² e 1,1 cm² de tamanho, respectivamente.

Primeiro, os pequenos foram “treinados”. A primeira imagem apresentada tinha dois quadrados brancos, um ao lado do outro, com 12 quadrados pretos em seu interior.

Logo depois, foi mostrado quadrados brancos com 4 ou 36 quadrados pretos dentro deles.

Os recém-nascidos foram divididos em dois grupos, os que viram primeiro apenas os 4 quadradinhos pretos, e os que viram 36 quadrados. E depois os bebês eram trocados de lugar, ou seja, eles viam o que foi mostrado para o outro grupo.

Para perceber qualquer tipo de reação, foi usado um sensor de movimento que monitora o movimento dos olhos dos bebês.

O padrão apresentado pelos recém-nascidos foi que os olhos se moviam para a direita ou esquerda, de acordo com a quantidade de quadradinhos que viam, 4 ou 36. O lado esquerdo era o preferido para os pequenos quando viam os 4 quadrados, e o direito para os 36.

Os cientistas afirmam que este comportamento mostra a capacidade de pensar no mundo em ordem crescente, que a capacidade de percepção de que diferentes quantidades ocupam diferentes lugares no espaço é uma habilidade inata, ou seja, já nasce com os seres humanos.

 

Vale lembrar também, que se o estudo fosse feito com pequenos chineses ou árabes, o resultado seria diferente, já que na cultura oriental, a leitura e a escrita têm o sentido oposto ao nosso, deixando os números maiores à esquerda e os menores à direita.

 

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

 

Leia mais

– Bebê andando viraliza na web. Entenda o reflexo!

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.