HomeBebêsAmamentaçãoCandidíase mamária causa dor e feridas no seios
candidíase mamária

Candidíase mamária causa dor e feridas no seios

Dor aguda, vermelhidão e feridas de difícil cicatrização. Esses são alguns dos sintomas da candidíase mamária, infecção fúngica e autoimune que pode surgir durante a amamentação.

A doença não têm relação com a famosa pega, causa de outros problemas comuns. Mesmo com o bebê abocanhando o seio de forma correta, as mulheres com candidíase mamária continuam sofrendo com dores.

Pode ser transmitida pelo bebê com o fungo, durante a amamentação, ou se proliferar em função do ambiente (manter os seios quentes, úmidos e abafados favorece o aparecimento da doença) ou hipersensibilidade da mulher para esse tipo de infecção.

candidíase mamária
<>Sintomas da candidíase mamáriaNem sempre todos os sintomas aparecem juntos, mas a dor (sensação de fisgada) e uma pequena ferida estão presentes em todos os casos. A candidíase mamária pode causar:

  • Dor no bico, em forma de fisgada durante a amamentação e que permanece após a mamada;
  • Pequena ferida no bico do peito com dificuldade de cicatrização;
  • Uma parte do mamilo pode estar esbranquiçado;
  • Mamilo avermelhado e brilhante;
  • Sensação de ardência no mamilo;
  • Coceira;
  • Bebê pode apresentar sinais da doença na boca.

Como identificar a candidíase no bebê?

O bebê com candidíase oral pode transmitir o fungo para a mãe. Entre os sintomas, placas brancas na língua, céu da boca e interior das bochechas. A impressão é que o bebê acabou de tomar iogurte, mas a mãe não consegue “limpar” com facilidade.

Tratamento

A candidíase mamária é tratada com antifúngicos, até o desaparecimento da doença. O médico também pode indicar o uso de pomadas, para a cicatrização das feridas. É importante que o bebê também seja tratado se apresentar sinais da doença e evitar que a infecção volte. Não é necessário interromper o aleitamento durante o tratamento, mas a família deve seguir as recomendações do médico à risca.

candidíase mamária

Dicas para a prevenção da candidíase mamária

Para evitar que a doença volte, a mãe deve tomar alguns cuidados:

  • Não usar absorventes, conchas ou bicos artificiais, pois os acessórios facilitam a proliferação de fungos;
  • Manter as mamas sempre secas;
  • Sempre lavar as mãos e trocar o sutiã diariamente;
  • Manter as mamas arejadas, expondo-as à luz uma vez ao dia.
  • Não utilizar produtos que deixem as mamas abafadas ou úmidas;
  • Esterilizar a chupeta e mamadeiras do bebê, se usar;
  • Higienizar diariamente os brinquedos que o bebê leva à boca;
  • Manter uma alimentação balanceada, especialmente com alimentos que beneficiam a flora intestinal;

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??

Siga todas as nossas redes sociais

Facebook, Instagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

Leia mais sobre amamentação:

Seios caídos na amamentação?

Posições para amamentar: encontre a mais confortável

Amamentação previne câncer de mama

Amamentar emagrece mesmo? Veja dicas para perder o peso extra!

Vale a pena contratar uma consultora em amamentação?

 

 

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.