HomeBebêsAmamentaçãoChupeta e mamadeira podem prejudicar amamentação
chupeta e mamadeira

Chupeta e mamadeira podem prejudicar amamentação

Presentes na decoração da maioria dos chás de bebê e na lista de compras do enxoval, a dupla chupeta e mamadeira parece indispensável. Mas a verdade é que os objetos podem prejudicar o sucesso da amamentação.

chupeta e mamadeira

Por que o uso de chupeta e mamadeira atrapalha a amamentação?

Qualquer bico artificial, incluindo chupeta e mamadeira, estimulam o bebê a sugar de forma diferente da praticada no seio. No aleitamento materno, para ter a pega correta e não machucar a mãe, o bebê deve mamar abocanhando a aréola.

Já quando ele utiliza chupeta e mamadeira, a sucção é feita somente no bico. E essa mudança acaba causando a chamada “confusão de bicos”, que faz com que o bebê tente sugar o seio da mãe da mesma forma.

Além de causar fissuras no mamilo, o leite não “sai” como deveria, o que aumenta a irritação e a fome do bebê, aumentando a frequência do uso de chupeta e mamadeira.

Com isso, o tempo que o bebê deveria passar sendo amamentado é preenchido com os bicos artificiais, lembrando que a produção de leite está diretamente ligada à demanda. E a consequência desse ciclo é um risco maior de desmame precoce.

chupeta e mamadeira

Falta de informação favorece uso de bicos artificiais

O leite materno é o melhor alimento para o bebê. Mas, por falta de informação e apoio de familiares, muitas mães acabam oferecendo a fórmula como um complemento. Mas o ideal é que a mãe estimule a produção de leite, oferecendo o seio em livre demanda (sempre que o bebê quiser) e não utilize chupeta e mamadeira.

Nos casos em que ela precisar sair sem o bebê, ela pode ordenhar o leite manualmente ou usar bombinhas. Além de estimular a produção, o leite pode ser oferecido ao bebê em um copinho pelo cuidador. E mesmo quando o complemento é inevitável, o mesmo pode ser oferecido através da relactação.

chupeta e mamadeira

O que é relactação?

Consiste em fixar com uma fita adesiva (micropore) uma das extremidades de uma sonda na região areolar da mãe e mergulhar a outra extremidade da sonda em um recipiente contendo leite. A mãe deve posicionar o bebê na mama, de forma que ele abocanhe a região da aréola e a sonda.

chupeta e mamadeira

A sonda funcionará como um “canudinho”, conforme o bebê sugar a mama, ele puxará o leite que está no recipiente. Recebendo leite, o bebê permanecerá sugando e a sucção estimulará a produção de leite pela mãe. Conforme a produção de leite aumentar, o bebê conseguirá extrair o leite da própria mama e não precisará mais da sonda para manter a sucção.

Busque orientação

E, lembre-se: busque ajuda e orientação! A amamentação não é algo instintivo, como muitos pensam. As mães que tiverem dificuldade ao oferecer o copinho ou realizarem a relactação, podem encontrar auxílio com uma consultora de amamentação ou em bancos de leite. Você pode conferir o mais próximo de você clicando aqui!

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??

Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

Leia mais sobre amamentação:

10 passos para o sucesso da amamentação

Candidíase mamária causa dor e feridas no seios

YouTube para mães: 5 canais com vídeos sobre amamentação

Como congelar leite materno? Respondemos as principais dúvidas

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.