HomeBebêsCirurgia de freio de língua no bebê: Por que é necessária?
cirurgia de freio de língua

Cirurgia de freio de língua no bebê: Por que é necessária?

Em uma publicação para falar sobre os desafios do pós-parto e amamentação, a modelo Andressa Suita compartilhou com os fãs que os dois filhos (Gabriel, de 1 ano, e o recém-nascido Samuel) precisaram passar por uma cirurgia de freio de língua, também conhecida como frenotomia.

Filhos de Andressa Suita fazem cirurgia de freio de língua

Apesar da informação ter sido apenas um detalhe de um longo depoimento da modelo, que é casada com o cantor Gusttavo Lima, muitos dos comentários falavam sobre a cirurgia de freio de língua.

As pessoas mais próximas a mim sabem que me entrego inteira a todas as experiências que se apresentam na minha vida. Quando engravidei pela primeira vez, me senti maravilhosa e aceitei toda a força da natureza fluindo no meu corpo, dos primeiros movimentos do Gabriel ao parto e, sobre amamentar, não seria diferente. Mergulhei no meu puerpério para fazer cada gota de leite valer a pena. Como tantas mulheres, mãe de primeira viagem, eu desejava muito dar de mamar. Primeiro veio a pega, depois a descida do leite (e eu sempre tenho bastante, graças a Deus), os mamilos machucados e uma cirurgia no Gabriel para cortar o freio da língua. Noites mal dormidas, cansaço e uma cobrança pessoal: tinha que dar certo! Contratei várias pessoas para me ajudar, ouvia muitas outras, me cansei beirando a exaustão. Me perdi. A produção diminuiu e, aos três meses de vida dele, foi impossível continuar. Me frustrei. Me senti incapaz. Duvidei da minha habilidade de ser mãe. Mas fui abençoada ao ponto de poder reviver tudo de novo, gestar de maneira saudável, parir bem assistida e, agora, amamentar. Vivi com muito mais tranquilidade a descida do leite dessa vez, os mamilos machucaram novamente sim mas percebo a melhora aos poucos e o Samuel também fez a cirurgia para cortar o freio. Mas agora vivo um momento por vez. Me permito esvaziar por completo, a começar pela casa: somos eu, minha mãe e meu marido cuidando dos meninos. Dou peito quando o Samuel pede. Ordenho o excesso e armazeno. Me livrei da culpa e me dei conta de que muita gente sabe muito sobre crianças, mas que dos meus filhos eu sei mais. Sou uma leoa! Sou a mãe que posso ser e a melhor mãe para os meus filhos. Revivo a Semana Mundial da Amamentação pela segunda vez seguida reconhecendo a importância do leite materno, feliz com o sentimento indescritível de ter meu bebê aninhadinho no colo. A beleza de tudo isso é divina e digo: estou tentando, entregue e de peito aberto, mais uma vez.

A post shared by Andressa Suita (@andressasuita) on

Por que a cirurgia de freio de língua é necessária?

Primeiro passo é o diagnóstico

Ainda no hospital, os pais podem se deparar com o diagnóstico de língua presa através do Teste da Linguinha. Já falamos sobre a importância do exame aqui no Ficar Grávida.

O médico observa a língua do recém-nascido, além da sucção ao mamar o seio da mãe, avaliando alterações no frênulo, pequena membrana localizada embaixo da língua que a conecta com o assoalho da boca.

Como existem graus variados de língua presa, somente um profissional pode avaliar os aspectos funcionais e anatômicos da língua do bebê e fazer um diagnóstico preciso.  Caso o médico identifique alterações importantes, ele fará o encaminhamento para um fonoaudiólogo ou odontopediatra. E a cirurgia pode ser uma indicação do profissional.

cirurgia de freio de língua

Língua presa pode prejudicar a amamentação?

Sim! Um dos aspectos da língua presa é o desmame precoce. Com alterações no frênulo, os bebês fazem muito esforço para mamar e podem machucar os mamilos da mãe. Também há casos que a condição prejudica a introdução alimentar e a fala.

Se o bebê tiver língua presa, a cirurgia é obrigatória?

Como existem vários graus de língua presa, somente um especialista irá avaliar a melhor abordagem. Mas não é preciso se desesperar se a indicação for cirúrgica, com a frenotomia. O procedimento é simples, popularmente conhecido como um “pique” no frênulo, para corrigir o problema.

cirurgia de freio de língua

Na maioria das vezes, não precisa de anestesia (somente uma pomada anestésica) e todo o processo dura em torno de 10 minutos, no próprio consultório. Não há limite de idade para a realização da cirurgia, mas o procedimento é mais simples em crianças menores de um ano, como no caso dos filhos da Andressa Suita.  

Além da recuperação rápida e do procedimento praticamente indolor, o recém-nascido pode ser amamentado logo em seguida.

 

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

 

Leia mais

Teste de Apgar: entenda a primeira avaliação do bebê

Curiosidades sobre o cordão umbilical: 10 coisas que você não sabia!

Anemia em bebês: saiba como prevenir

Infecção urinária em bebês tem difícil diagnóstico

 

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.