HomeBebêsCólicas do bebê: os probióticos funcionam?
probióticos

Cólicas do bebê: os probióticos funcionam?

As cólicas dos bebês são motivo de muita angústia para os pais, principalmente os de primeira viagem, e de muito estudo para os especialistas. Uma das principais dúvidas é a eficácia de medicamentos que prometem amenizar o incômodo, como os probióticos, que vem ganhando espaço em alguns consultórios de pediatria e entre as mães exaustas com o choro do bebê. Mas afinal, os probióticos funcionam? O nosso entrevistado de hoje, o pediatra Fabrício Valadão Batistoni, garante que não.

probióticos

“Os livros de pediatria e as revistas científicas mais conceituadas concluem que nenhum medicamento (analgésicos, antiflatulentos, funchicórea, lactobacilos) tem eficácia comprovada”, disse Dr. Fabrício, que explicou porque se acredita que os probióticos são eficazes no tratamento das cólicas dos bebês. “Há uma hipótese de que eles ajudariam na eliminação das bolhas gasosas. Mas o fato é que a cólica não é causada por essas bolhas e sim pela dismotilidade intestinal. Medicamentos antiespasmódicos (como o buscopan) reduzem a motilidade intestinal e podem piorar os sintomas. Analgésicos (como dipirona e paracetamol) são pouco eficazes na dor visceral. Os lactobacilos/probióticos têm sido usados mais recentemente e carecem de estudos científicos bem conduzidos para justificar seu uso”.

A dismotilidade intestinal a que o médico se refere é comum a todo recém-nascido. “Os movimentos peristálticos descoordenados (algumas vezes mais acelerados, outras vezes mais lentos) favorecem a formação de bolhas gasosas nas alças intestinais. As cólicas começam geralmente na terceira semana de vida e persistem até os 3 meses, em média, quando a motilidade intestinal adquire uma melhor coordenação”, explicou o Dr. Fabrício, que reforça que nenhum tipo de medicação deve ser usada para as cólicas dos bebês e que os pais devem recorrer às medidas não-farmacológicas, também recomendadas pela Sociedade Brasileira de Pediatria.

  • Mantenha o ambiente tranquilo
  • Um banho morno ajuda a relaxar durante as crises
  • Movimentos de “pedalar” com as pernas
  • Massagem abdominal no sentido horário
  • Compressas mornas (podem ser toalhas macias aquecidas) na barriguinha
  • Amamentação em livre demanda

 

Probióticos

Os probióticos também são conhecidos como Lactobacillus reuteri e podem ser encontrados em alimentos como o leite materno e o iogurte, por exemplo. São famosos pela sua ação na formação da flora intestinal, sendo eficazes nos tratamentos de cólicas e constipação entre os adultos. Entre os bebês, há diversas controvérsias e alguns pediatras – como vimos anteriormente na matéria – não aprovam o seu uso. Comercialmente, o seu nome mais conhecido é Colikids. Apesar do medicamento ser prescrito por alguns pediatras, cada caso deve ser avaliado com critério. Se o seu bebê sofre com cólicas, o ideal é conversar com o pediatra e avaliar quais medidas podem ser adotadas.

 

Especialista em Pediatria

Dr. Fabrício Valadão Batistoni

CRM 122.499

E-mail: fvbatistoni@gmail.com

Fan Page: www.facebook.com/fabricio.pediatra/

 

 

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

Facebook, Instagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

 

Leia mais

Pode sair com o recém-nascido? Confira dicas para os passeios

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.