HomeBebêsCólicas no bebê: amamentá-lo no momento da dor piora tudo!   
cólica do bebê

Cólicas no bebê: amamentá-lo no momento da dor piora tudo!   

Bebês com cólica é de partir e acelerar o coração de qualquer um à sua volta, imagine o da mãe!

É  muito comum que bebês recém-nascidos sofram de cólicas abdominais por conta da imaturidade do seu intestino.  

O ‘desespero’ começa na tentativa de identificar o motivo do choro que pode ser fome, calor, frio, sono e, dentre tantos outros motivos, cólica.

O choro da cólica é, geralmente, diferente dos demais motivos.

Algo que a mamãe logo reconhecerá, na medida que for ganhando mais intimidade com o seu bebê.

Mas, o choro de cólica no bebê costuma ser mais estridente, agudo e muito irritado, popularmente, mais doído.

cólica do bebê

O bebê costuma se contorcer inquieto de dor, o que é também uma forma de identificar os incômodos da cólica no bebê.

Em meio as inúmeros tentativas de amenizar a cólica do bebê, dar o peito e amamentá-lo é uma das alternativas mais utilizadas e equivocadamente recomendadas às mamães.  

Amamentar o bebê enquanto ele se queixa de cólica pode piorar o quadro de dor.

A orientação vem do Hospital São Luiz,  é normal o bebê aceitar o peito e, em busca de conforto, querer mamar durante os episódios de cólicas.

Mas, o alimento pode provocar ainda mais dor assim que chega ao estômago do bebê.

 

Como aliviar as cólicas no bebê?

O Hospital reforça que a já popular técnica de massagear o abdome do bebê é o ideal e mais eficaz durante as crises de dores do bebê.

Coloque a criança deitada de bruços e faça estímulos na barriga, como se estivesse fazendo uma massagem em movimentos circulares. Em pouco tempo as dores amenizam e o bebê se acalma.

O que causa cólica no bebê?

Como comentamos anteriormente, a imaturidade do intestino do bebê é um dos responsáveis por estes episódios, embora comuns, bastante desagradáveis para todos, mamães e bebês.   

Para evitar as cólicas do bebê, a alimentação das mães que amamentam pode ajudar

Não há uma dieta que evite as cólicas do bebê, mas alguns alimentos que podem ser evitados ou melhor analisados,estudando o comportamento do bebê após a ingestão deles.

Feijão, chocolate, repolho, ovos, leite são alguns deles. Consulte uma nutricionista e converse com o seu médico a respeito.

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

Leia mais: 

A importância de lavar o nariz do bebê e como fazê-la corretamente

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.