HomeBebêsAlimentaçãoSaiba como escolher as frutas para o bebê
frutas para o bebê

Saiba como escolher as frutas para o bebê

O marco dos 6 meses é muito esperado pelas mamães, pois chegou a hora da introdução alimentar. Como já vimos aqui no blog, a alimentação com sólidos inicia-se com as papinhas doces, preparadas com frutas. Mas muitas mães ainda têm dúvidas de como escolher as melhores opções e diversificar o cardápio com qualidade. Para inspirá-la a compor as papinhas doces dos pequenos, a matéria de hoje traz dicas para escolher as melhores opções de frutas para o bebê e seus benefícios.

 

Frutas para o bebê: dicas para escolher e seus benefícios

O primeiro passo para garantir a qualidades das frutas para o bebê é saber escolher. A primeira dica é comprar o que estiver “na época”, especialmente em feiras livres e mercados municipais. De modo geral, as frutas são mais frescas nestes locais de venda. Se a família optar por comprar as frutas orgânicas, melhor ainda!

Para escolher as melhores frutas para o bebê, leve em conta a aparência e o aroma, que deve ser bem característico. Não tenha vergonha de pedir ajuda à familiares ou amigos mais experientes, pois a arte de “fazer feira” é algo que se conquista com o tempo. A higienização deve ser feita com muito cuidado, e as frutas devem ser bem lavadas e secas antes de serem armazenadas para o consumo.

Agora vamos conhecer os benefícios das frutas para o bebê e as características que você deve prestar atenção na hora da compra:

Abacaxi: o cheiro do abacaxi é um dos mais característicos. Quando está maduro, o aroma é bem perceptível e gostoso. A casca deve estar com uma coloração amarelo-dourada e mais macia que o habitual. Não compre se estiver com manchas escuras.

Benefícios: É digestivo e rico em vitamina C e minerais, que ajudam na hidratação.

frutas para o bebê

Banana: As bananas podem ser compradas ainda verdes, mas elas devem estar firmes e sem manchas. Para amadurecê-las, armazene dentro de um saco de papel escuro (pode ser jornal). Mas se você prefere comprar já perto de amadurecidas, selecione as bem amarelas com poucos pontinhos na casca. Não compre as rachadas, pois podem estar passadas.

Dica: as bananas não podem ser colocadas na geladeira. Mantenha-as sozinhas na fruteira: elas emitem um gás natural chamado etileno que acelera o amadurecimento de outras frutas.

Qual tipo de banana oferecer o bebê? Essa é uma dúvida comum e muitas mamães ficam completamente perdidas. No Brasil, já é costume oferecer para o bebê a banana-maçã, que tem um sabor mais suave e é menos alérgica. Mas converse com o pediatra sobre a melhor escolha para o seu bebê.

frutas para o bebê

Laranja: Na hora de escolher as laranjas, opte pelas mais pesadas que estarão mais suculentas. Manchinhas marrons são comuns e não afetam o sabor. O tipo mais indicado para bebês é a laranja-lima, que é menos ácida. Escolha as que estiverem com a casca bem amarela.

Benefícios: É rica em vitamina C, um antioxidante que protege o corpo contra uma série de infecções e doenças, além de conter proteínas e fibras. A vitamina C  também facilita a absorção do ferro dos alimentos, por isso é interessante oferecer um pouquinho de laranja após o almoço.

frutas para o bebê

Maçã: Compre as mais firmes e com a casca brilhante! Evite as que estiverem com partes amolecidas ou machucadas. Para os bebês, não há muita regra sobre qual tipo de maçã oferecer, mas a Gala e a Fuji são mais doces e bem aceitas pelos pequenos. As maçãs verdes costumam ser mais ácidas e azedinhas.

Benefícios: Ótima fonte de vitaminas do complexo B, C e E, além de potássio e fibras.

frutas para o bebê

Mamão: Uma das principais vantagens do mamão é que ele é uma fruta disponível durante o ano todo. Quando maduros, são firmes, porém cedem ao toque (amassam um pouquinho). Não compre se estiver muito mole ou com muitas manchas brancas na casca.

Benefícios: É uma fruta rica em minerais, como ferro, fósforo, cálcio e potássio, além de conter vitaminas A, B e C. É uma fruta bastante indicada para os bebês que sofrem com prisão do ventre.

frutas para o bebê

Manga: As recomendações de compra são parecidas com as do mamão: a manga deve estar firme, mas ceder sutilmente ao ser pressionada. O aroma também deve estar agradável. Evite mangas que estejam moles demais, com manchas pretas ou machucadas. Dependendo do tipo da manga, a casca é verde-amarelada, alaranjada ou avermelhada. Se quiser amadurecê-la mais rápido, mantenha a fruta em um saco junto com uma banana.

Benefícios: Rica em vitamina A, além de ferro, fibras, cálcio, fósforo e potássio. Também é ótima para amenizar a prisão de ventre.

frutas para o bebê

Melancia: Você consegue encontrar as melancias durante o ano todo, mas as mais doces são colhidas no Verão. Escolha as mais firmes, pesadas, simétricas e que não tenham machucados ou rachaduras.

Benefícios: entre todas as frutas para o bebê, é a que hidrata mais – cerca de 90% de sua composição é água.

frutas para o bebê

Melão: O melão deve exalar um aroma doce e agradável. Se ainda estiver com um cabo, é sinal de que não está maduro. Para amadurecer, deixe em temperatura ambiente de dois a quatro dias.

Benefícios: Ótima fonte de vitaminas do complexo B e C, além de fibra e potássio. É altamente diurético e pode ter efeitos laxativos.

frutas para o bebê

Morango: O morango é uma das frutas com mais alto teor de agrotóxicos, por isso não é recomendado oferecer ao bebê logo no início. Quando chegar a hora do bebê experimentar a fruta (converse com o seu pediatra para determinar a época), prefira os morangos orgânicos. Compre as frutas sempre com o cabinho. Os morangos devem estar bem vermelhos e firmes. Evite comprar quando estiverem começando a mofar (com uns pelinhos brancos), batidos ou com partes escuras.

Benefícios: Rico em vitamina C e sais minerais, especialmente potássio.

frutas para o bebê

Pera: As peras devem estar firmes e sem manchas. É uma fruta muito delicada e suscetível a apodrecer com qualquer batidinha. A cor depende do tipo, variando de amarelo-claro a vermelho ou marrom (no caso da pera asiática). A pera do tipo Williams costuma ser bem aceita pelos bebês.

Benefícios: Fonte de carboidratos, potássio e vitaminas A e C.

frutas para o bebê

Pêssego: Não compre se estiver muito duro, porque a fruta pode não chegar a amadurecer. A casca deve ser aveludada, com coloração amarela e um toque avermelhado.

Benefícios: Boa fonte de carboidratos, vitaminas A e C, além de minerais como potássio, fósforo, magnésio e cálcio.

frutas para o bebê

Uva: Escolha as que tiverem com as hastes verdinhas, flexíveis e que não estejam despencando do cacho. Hastes marrons e com a fruta caindo são sinais de que já estão maduras demais.

Benefícios: Contém minerais como cálcio, potássio, fósforo e magnésio e apresenta efeito levemente laxante e diurético.

frutas para o bebê

 

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

Facebook, Instagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

 

Leia mais

Sociedade Brasileira de Pediatria lança guia sobre o BLW

Lanches leves e saudáveis para passeios com as crianças

 

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.