HomeBebêsDicas de como lidar com a febre do bebê
bebe com febre

Dicas de como lidar com a febre do bebê

É só o termômetro subir um pouquinho, que nós já ficamos com aquele friozinho na barriga e extremamente preocupadas com a saúde do bebê. Afinal, sempre ligamos o estado febril do pequeno a alguma doença.

O sexto sentido da mãe fala mais alto quando o bebê está doentinho. E eu não estou falando isso da boca para fora ou por achismo, pesquisas comprovam que mesmo antes de verificar a temperatura corporal do bebê, a impressão da mãe é confiável e certeira. Não só pela sensação térmica de quando ela toca o bebê, mas pelas sutis mudanças de comportamento da criança.

Curiosidade: a temperatura corporal varia de acordo com a faixa etária, o sexo e a hora do dia.

Lisiane Dresch, especialista em Pediatria e Neonatologia e Pediatra do Alô Mamãe, conta que “a temperatura axilar varia de 36,5º pela manhã até 37,2ºC no fim da tarde. Temperaturas que variam entre 37,2 – 37,8 devem ser avaliadas, mas não caracterizam a presença de febre. Por isso, é importante eliminar o fator de hipertermia: reduzir agasalho, ventilar o ambiente, oferecer líquidos e repetir a medida após 15 minutos”.

Segundo a pediatra, a faixa de maior preocupação é com as crianças com menos de dois anos. De acordo com Lisiane, essa faixa etária inclui uma grande maioria de processos virais geralmente benignos, mas, por outro lado, apresenta elevado risco de bacteremia oculta, que pode ser autolimitada, como pode evoluir para doenças graves, como meningite, pneumonia, otite, pielonefrite, entre outras.

 

bebe com febre

Para auxiliar você, a pediatra Lisiane preparou algumas instruções de como lidar com a febre de acordo com a faixa etária da criança. Confira:

 

Bebês de até três meses

Qualquer temperatura acima de 37,8° C merece atenção especial porque a chance de ser uma doença grave é maior. Retire o excesso de roupa e cheque a temperatura após 30 minutos. Caso não tenha diminuído, procure o pediatra.

 

Crianças acima de 4 meses

Abaixo de 37,7º C: não é necessário nem medicar, nem correr para a consulta. Verifique a temperatura a cada hora para ver se ela evolui.

37,8º C ou mais:  você deve usar um antitérmico, conforme orientação do pediatra. A ação do remédio leva até duas horas para baixar 1° C. A febre deve diminuir com a medicação, mas poderá não normalizar totalmente. Se depois de três horas não baixar, é possível intercalar com outra medicação. Depois do controle da temperatura, é importante avaliação do quadro clínico geral.

Entre em contato com seu pediatra ou leve a um pronto atendimento se:

– Febre persistente acima de 39,5°C;

– Criança muita abatida e não reanima quando a febre diminui;

– A febre persiste por mais de 72h (três dias);

– Se aparecer qualquer sintoma ou sinal de alerta.

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.