HomeBebêsQual é a diferença entre ultrassom 2D, 3D, 4D e 5D?
ultrassom

Qual é a diferença entre ultrassom 2D, 3D, 4D e 5D?

Conforme a barriga da mãe cresce, a ansiedade de ver o bebê também fica cada vez maior! Porém, nem sempre é possível enxergar o rostinho do pequeno com nitidez nos exames de ultrassom comum. No máximo, a família consegue visualizar apenas o seu contorno. 

Já os exames de ultrassom 3D e 4D permitem ver a pele que recobre a criança, o nariz, boca, feições e até movimentos como bocejos e colocar a língua para fora. 

ultrassom

E parece que a cada ano que passa surge uma nova tecnologia no mundo da maternidade, não é? Recentemente, as mamães já podem fazer até o exame em 5D! Vamos conhecer a diferença entre eles?

Ultrassom 2D X 3D

O ultrassom 3D é uma evolução do 2D. Embora os procedimentos sejam semelhantes, esses exames utilizam de tecnologias diferentes para fornecer as imagens. 

A ultrassonografia 3D tira milhares de fotos do bebê para transformá-las em imagens tridimensionais, possibilitando visualizar uma imagem mais nítida do bebê, rosto e corpo. A imagem desse exame é estática, como se fosse uma “foto”.

ultrassom

Ultrassom 3D X 4D

No exame de ultrassom em 4D, o tempo é levado em conta como a quarta dimensão. Assim como o 3D, o exame 4D gera imagens tridimensionais, porém exibe imagens com maior definição e em tempo real. Ou seja, em vídeo.

É possível observar detalhes do corpo do bebê com mais nitidez, além dos movimentos como bocejos, chutes e até mesmo vê-lo colocando a língua para fora ou abrindo os olhinhos. Muito fofo!

ultrassom

Ultrassom 5D é mais realista

Aqui, o que entra é o efeito de sombra e profundidade. O ultrassom 5D também traz um tom de pele mais próximo da realidade que deixam as imagens mais realistas.

ultrassom

Qual é a melhor época de fazer ultrassom?

A partir de 24 semanas, que é quando o bebê começa a fazer depósito de gordura. Antes disso, ele ainda é muito magrinho. Entre as 26 e 28 semanas é que normalmente se obtém as melhores imagens com as bochechas fofas que todo mundo ama ver. 

Nessa idade gestacional, a maioria das sessões são bem sucedidas, pois com mais de 32 semanas o espaço também fica mais reduzido dificultando as melhores fotos.

Apesar deste grande avanço tecnológico, nem sempre é possível obter imagens de boa qualidade. Fatores como obesidade da gestante ou pouco líquido amniótico fazem com que as imagens não fiquem bem definidas. O excesso de movimentação do feto também pode provocar a perda de qualidade das imagens.

ultrassom

Fazer ou não fazer ultrassom 3D?

Depende da curiosidade dos papais! Embora todos esses tipos acima do 3D são sejam necessários para o diagnóstico de doenças graves, o exame pode ser muito significativo para a família que já quer conhecer os detalhes do bebê.

Se houver recomendação do médico, esse exame também pode identificar malformações do útero e do bebê, como lábio leporino e espinha bífida. Até mesmo deformidades no esqueleto do feto ficam mais evidentes no 3D. 

Custo é extra

Geralmente, os convênios não cobrem estes exames. Para viver esta emoção, é necessário desembolsar uma quantia extra que varia de acordo com cada região. 

ultrassom

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

 

Leia mais

10 imagens de bebês antes e depois do ultrassom 3D

Ultrassom morfológico do 1º trimestre e a translucência nucal

Quando dá para descobrir o sexo do bebê?

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário