HomeBebêsAmamentaçãoConfira as 11 maiores dúvidas sobre amamentação
dúvidas sobre amamentação

Confira as 11 maiores dúvidas sobre amamentação

Em pleno Agosto Dourado, mês dedicado à amamentação, temos a Semana Mundial do Aleitamento Materno, que traz neste ano o tema “Trabalhar juntos pelo bem comum”, para incentivar a amamentação, não apenas entre as mamães, mas com todos que a rodeiam! Hoje nosso post vai responder as 11 maiores dúvidas sobre amamentação com uma incrível entrevista exclusiva para o Ficar Grávida com a especialista em amamentação da Anjos do Leite, Sandra Abreu. Confira 😉

dúvidas sobre amamentação

Confira as 11 maiores dúvidas sobre amamentação

 

Existe algum tipo de preparação para o peito durante a gravidez?

Sandra Abreu – Não! A informação de que é necessário preparar o peito para amamentação com conchas, buchas, torções e outros exercícios, está ultrapassada. Existem pesquisas que provam que os hormônios da gestação são suficientes para preparar o peito, e você pode perceber que a aréola fica maior, mais escura. O máximo que você poderá fazer é tomar um sol! Nada de concha, nada de pomada, nada de buchinha, nada de ficar esticando o mamilo. A única forma de se preparar é se informando e se empoderando, para evitar que coisas erradas aconteçam com você!

 

Existe leite fraco?

Sandra Abreu – Não, o que existe é a falta de técnica, pois a orientação que a mamãe recebe é deixar a criança mamar apenas 10 minutos em cada peito, mas não é bem assim! É importante, ainda na maternidade, amamentar o bebê com o colostro, aquele leite bem transparente e meio aguado. Apenas este você poderá ficar trocando de peito para estimular a produção do leite. Ele é tão poderoso que chega a ser considerado a primeira vacina do bebê. O leite em si demora até 72 horas após o parto ou entre o terceiro e o quinto dia do bebê para descer. O primeiro leite é bem transparente e clarinho, para saciar a sede, depois de um tempo que começa a descer o leite mais branco e gorduroso, que realmente vai matar a fome do bebê.

 

Quais as melhores posições para amamentar?

Sandra Abreu – Nos primeiros dias de vida do bebê, ele não tem coordenação, então, você deve colocá-lo de barriga virada para você e trazer o bebê, segurando pelo pescoço e coluna, apoiando a cabecinha com o indicador. Se começar a doer, com muito cuidado, puxe o queixinho do bebê para ajustar a pega. É importante que você esteja bem confortável. Apoiar um travesseiro, ou uma almofada de amamentação, para sustentar o pequeno durante a amamentação é uma grande ajuda.

 

O bico de silicone pode atrapalhar a amamentação?

Sandra Abreu – O ideal é não apresentar o bico de silicone, pois o bebê não vai conseguir puxar o mamilo assim. Quando ele mama com o acessório, ele não está estimulando o seu peito para produção de leite, e sim o bico. O bebê faz muito esforço, acaba tirando menos leite, e por este motivo, muitas vezes, não ganha peso suficiente. O bico de silicone também é responsável por causar fungos. Ele também pode causar confusão de bicos, muitas vezes, causando o desmame. Se você já usa o bico e quer tirar porque o bebê não aceita mamar de outra forma, procure o banco de leite de sua cidade ou uma consultora em amamentação para te ajudar!

 

Revezamento de mamada, como saber que já está na hora de trocar o bebê de peito?

Sandra Abreu – No primeiro mês é muito difícil o bebê conseguir esvaziar o peito e ir para o outro. Independente do tempo que ele passar mamando, apenas quando começar se agitar e recusar o peito, você deve verificar se ainda tem leite ordenhando, se sair uma gotinha, insista, pois o pequeno ainda é capaz de mamar mais um pouco.

 

A prótese de silicone atrapalha a amamentação?

Sandra Abreu – Geralmente não, pois a prótese é colocada atrás do músculo. E mesmo aquelas que são colocadas pela aréola também não costumam dar problemas para amamentar.

 

A redução de seio pode atrapalhar na amamentação?

Sandra Abreu – Dependendo da técnica utilizada não. Porém, existem alguns casos em que a técnica cirúrgica pode lesionar os ductos e atrapalhar a saída do leite. Neste caso, apenas será possível descobrir, após o nascimento do bebê, então, você deverá ir à um banco de leite ou chamar uma especialista em amamentação para avaliar a ejeção do leite.

 

Depois do nascimento dos dentinhos, o que fazer para o bebê parar de morder?

Sandra Abreu – Os bebês são mais espertos do que pensamos. É preciso tirar imediatamente e conversar direitinho, mostrando que está brava e está doendo por conta do que ele fez. Explique direitinho que fez “dodói” na mamãe, que se continuar não vai ter mais. Não precisa brigar, pois assim você poderá assustar o pequeno! Mas eles são completamente capazes de compreender uma conversa franca e séria para não repetir a mordida.

 

Existe um sutiã correto para amamentar?

Sandra Abreu – Sim! Ele precisa ser confortável, sustentar sem marcar, não pode deixar o peito apertado, e possibilitar que o bebê abocanhe toda a aréola. O bojo também não é recomendado, pois esquenta muito e pode propagar a incidência de fungos.

 

Peitos rachados, o que é possível ser feito para melhorar?

Sandra Abreu – Em primeiro lugar é preciso consertar a pega! Você pode chamar uma especialista em amamentação para te ajudar. Depois de estar com a pega correta, as rachaduras vão melhorar com o tempo. Atualmente existe um tratamento com laser que é necessário apenas uma sessão para melhorar! Não esqueça de procurar profissionais capacitados para qualquer tipo de tratamento. Quanto às pomadas a base de lanolina, não indico a utilização, pois o bebê pode rejeitar o peito por conta da pomada, também pode deixar o peito escorregando e atrapalhar na hora da pega, ou até fechar os ductos e criar fungos e dar candidíase! Neste caso, o próprio leite é suficiente para cicatrizar a feridinha, você pode espirrar um pouquinho de leite e espalhar pelo mamilo.

 

O que fazer para aumentar a produção de leite?

Sandra Abreu – A livre demanda, sem dor, é a principal maneira de aumentar a produção de leite. Além disso, uma alimentação saudável, uma boa hidratação e muito descanso também são essenciais! Quando você estiver acompanhada, tente amamentar deitada de lado, pois assim você estará descansando enquanto amamenta. Não precisa ter medo, pois o mamilo cria uma barreira que não permite que o leite vá para outros orifícios, evitando a temida otite, infecção de ouvido. E se ele conseguir passar por esta barreira, não vai causar infecção por ser bacteriostático.

 

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

 

Leia mais

Amamentação: outros motivos pelos quais os bebês mamam

Especial Aleitamento Materno: mitos e verdades da amamentação

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.