HomeBebêsAlimentaçãoMãe cria Escola de Peito e capacita escolas para administrar leite materno
Escola de Peito

Mãe cria Escola de Peito e capacita escolas para administrar leite materno

A amamentação exclusiva até os seis meses de idade do bebê é altamente recomendado por especialistas da área da saúde, inclusive pela Organização Mundial de Saúde, estendendo até os dois anos ou mais como complemento alimentar. Porém, como vivemos em um mundo moderno, onde as mulheres trabalham fora e participam ativamente da renda familiar, sendo o seu salário extremamente importante para a vida financeira da família, isso nem sempre acontece. Em nosso país, as leis permitem apenas quatro meses (120 dias) de licença maternidade, poucas são as empresas que estendem este período para seis meses (180 dias). E como fica a amamentação exclusiva nesses casos em que a mãe precisa voltar ao trabalho com o bebê tão pequeno? A enfermeira e consultora de amamentação Silvia Briani, moradora da cidade de São Paulo, sentiu na pele esta dificuldade, e resolveu ajudar outras pessoas na mesma situação, criando, em 2016, a Escola de Peito, oferecendo capacitação para as escolas e um selo para que outras mamães também possam desfrutar dessa qualidade que deveria ser obrigatória.

Escola de Peito

A Escola de Peito serve para ajudar a incentivar a amamentação exclusiva mesmo após o retorno ao trabalho.

Entenda como surgiu e o que é a Escola de Peito

A filha de Silvia, Mariana Iara, tinha apenas seis meses de vida quando precisou matricular a pequena em uma creche, e, para sua surpresa, muitas delas não aceitavam o leite materno. Outro problema percebido pela enfermeira foi que, as poucas que aceitavam, utilizavam mamadeiras para oferecer o leite à criança, ou até o aqueciam de maneira incorreta. Para Silvia, quem deve decidir a maneira de oferecer o leite para o bebê é a mãe. Existem diversas formas para evitar o desmame desnecessário, dentre eles o copo normal, o copo de transição, a colher, a colher dosadora ou até a própria mamadeira, mas cabe somente à ela essa decisão.

Escola de Peito

Retirar e armazenar corretamente o leite materno é essencial para garantir a saúde do bebê.

Pensando em tudo isso, Silvia decidiu criar a Escola de Peito para capacitar os profissionais que cuidam das crianças em berçários e escolas de educação infantil, por meio de workshops, a maneira correta de receber, armazenar e oferecer o leite materno para o bebê. Além também de mostrar a eles a importância de acolher e incentivar a mamãe a continuar amamentando, oferecendo não apenas um suporte amigável, como também um ambiente acolhedor. O projeto também ajuda a criar salas específicas para amamentação e ordenha, onde a mamãe e o funcionário habilitado da escolinha irão retirar e armazenar o leite que será, mais tarde, oferecido ao bebê.

Além da capacitação e criação de um local adequado, a Escola de Peito também fornece um selo de reconhecimento pelos serviços prestados corretamente, mapeando em seu site as escolas participantes para ajudar as mamães e papais a escolherem pelo local ideal para cuidar de seu bebê, sem prejudicar a amamentação do pequeno.

 

Leia mais

Tempo de estabilidade no trabalho para mães é ampliado

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.