HomeBebêsAlimentaçãoIntrodução alimentar antes dos 6 meses: Pode ou não pode?
introdução alimentar antes dos 6 meses

Introdução alimentar antes dos 6 meses: Pode ou não pode?

Nos primeiros seis meses de vida, o bebê deve ser alimentado exclusivamente com leite materno. Por isso, não há necessidade de oferecer qualquer outro tipo de alimento ou bebida para o pequeno. Mas, por muitos motivos, muitas famílias iniciam a introdução alimentar antes dos 6 meses. Será que é prejudicial?

introdução alimentar antes dos 6 meses

Amamentação e Introdução alimentar antes dos 6 meses

O leite materno oferece tudo o que o bebê precisa nos primeiros seis meses de vida, sendo também um importante complemento na alimentação até os 2 anos ou mais.

Ele é rico em nutrientes e oferece anticorpos, fundamentais para um desenvolvimento saudável. Por isso, nos primeiros meses, a amamentação deve ser em livre demanda. Essa é a recomendação oficial da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Com a introdução alimentar antes dos 6 meses, o leite materno perde “espaço” na rotina do bebê, o que pode contribuir para o desmame precoce.

introdução alimentar antes dos 6 meses

Riscos da introdução alimentar antes dos 6 meses

Outro problema é com o contato precoce do bebê com alimentos, sem ainda ter o organismo pronto para isso. Com isso, há riscos de infecções, diarreia, asma e dermatites atópicas, sem contar alergias alimentares.

Ah, mas vou voltar a trabalhar…

Esse é o principal motivo de muitas famílias iniciarem a introdução alimentar antes dos 6 meses. Com o fim da licença maternidade antes desse prazo, a maioria acaba introduzindo outros alimentos.

Mas há formas de continuar oferecendo leite materno para o bebê. A mãe pode ordenhar e congelar o leite, para que o alimento seja oferecido pelo cuidado através do copinho ou mamadeira. Veja aqui dicas!

introdução alimentar antes dos 6 meses

Também lembramos que as mães que estão amamentando bebês de até seis meses têm direito a dois intervalos – de 30 minutos cada – durante o expediente. Outra alternativa é negociar que esse período de uma hora seja utilizado para entrar ou sair mais cedo.

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

Leia mais:

Meu filho não come nada: entenda por que você está exagerando

Introdução alimentar: cuidados na hora de preparar a papinha

Benefícios da amamentação para a saúde da mãe

10 passos para o sucesso da amamentação

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário