HomeBebêsEntenda os picos de crescimento do bebê
picos de crescimento

Entenda os picos de crescimento do bebê

Durante o primeiro ano de vida, o bebê passa por mudanças intensas, tanto fisicamente quanto no seu comportamento. Muitas mães relatam que um bebê que foi um recém-nascido tranquilo de repente muda completamente, tornando-se mais agitado e sensível. Esses períodos mais intensos – quando o pequeno quer mamar e comer o tempo todo, solicita mais o colo e tem o sono mais agitado – podem ser explicados pelos picos de crescimento.

picos de crescimento

 

O que são os picos de crescimento?

Os picos de crescimento são fases de crescimento acelerado do bebê, em um curto espaço de tempo. É como uma fase de “estirão” na adolescência, mas numa escala ainda maior. Os bebês ficam mais manhosos e com mais fome! Esses picos acontecem durante aquisições no seu desenvolvimento (rolar, sentar, engatinhar, falar – também conhecidos como salto de desenvolvimento), que exigem maior demanda energética.

 

Fases de pico de crescimento:

  • 7-10 dias
  • 2-3 semanas
  • 4-6 semanas
  • 3 meses
  • 4 meses
  • 6 meses
  • 9 meses (mais ou menos)

 

Principais sintomas

É fácil perceber quanto o bebê está passando por um pico de crescimento, mas vale lembrar que há aqueles que não apresentam mudanças bruscas no comportamento. Confira os principais sintomas dos picos de crescimento:

  • Ficam mais carentes e pedem mais colo
  • Ficam irritados com facilidade
  • Aumento da freqüência das mamadas
  • Acordam com mais frequência das sonecas e sono noturno
  • Pegam o peito e soltam logo, ficando mais irritados nos intervalos
  • Dormem mais (mais vezes ao dia e mais horas diárias)
  • Os maiores de 6 meses podem solicitar mais frutas e papinha

 

Como lidar?

Com muita paciência, principalmente a mãe. Se o bebê ainda mamar no peito, a demanda pelo leite aumentará. Seu corpo está preparado, mas aumente a ingestão de líquidos. Quanto à rotina, ela pode ficar mais bagunçada e nestes períodos o bebê pode não “obedecer” às rotinas de sono, por exemplo. Evite se prender ao relógio nestas fases e atenda às necessidades do pequeno. Em poucos dias, tudo voltará ao normal. Os picos de crescimento tendem a durar de 2 a 3 dias, chegando no máximo a 1 semana.

picos de crescimento

 

Picos do crescimento e sono

A relação entre o pico de crescimento de sono é complexa. Estudos recentes mostram que um aumento no número de sonecas, bem como um aumento no total de horas diárias de sono, provavelmente significa que a criança está passando por um pico em seu crescimento.

Os pesquisadores Michelle Lampl, MD, PhD e o Professor Samuel Candler Dobbs do departamento de antropologia da Universidade Emory, em Atlanta (EUA) concluíram que surtos de crescimento não só ocorrem durante o sono, mas são significativamente influenciados pelo sono.

 

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

 

Leia mais

Como dar remédio para o bebê?

Estudos comprovam: colo faz bem!

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.