HomeBebêsPrimeiros mil dias do bebê: 10 cuidados essenciais nesta fase
primeiros mil dias do bebê

Primeiros mil dias do bebê: 10 cuidados essenciais nesta fase

Você já ouviu falar nos primeiros mil dias do bebê? Especialistas no mundo todo estão reforçando a importância deste período na vida do bebê, que engloba a gravidez e os dois primeiros anos após o nascimento. De acordo com eles, os cuidados nesta fase podem influenciar toda a vida da criança, até a vida adulta.

Mas o que os pais podem fazer nos primeiros mil dias do bebê?

Confira 10 cuidados essenciais nesta fase:

1 – Gravidez planejada

A gestação é incluída nos chamados “primeiros mil dias do bebê” pois é uma fase fundamental para o desenvolvimento saudável do bebê. A principal recomendação é que a gravidez seja planejada, pois nesses casos a mulher tende a fazer uma série de mudanças em seu estilo de vida para engravidar.

Hábitos como fumo, consumo de bebidas alcoólicas e alimentação deficiente costumam ser deixados de lado por quem planeja a gravidez, o que é extremamente benéfico para a saúde do bebê.

Outro ponto importante na gravidez planejada é a suplementação com ácido fólico, vitamina do complexo B, que age nas primeiras semanas de gestação e auxilia na formação do tubo neural. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde, as mulheres que desejam engravidar devem iniciar a suplementação com ácido fólico entre 60 e 90 dias antes da fecundação.

Os casais que planejam a gravidez também costumam estar mais fortalecidos emocional e fisicamente para os cuidados com um recém-nascido, condição que interfere diretamente na formação psicológica da criança.

Planejando a gravidez: prepare o seu corpo

primeiros mil dias do bebê

Planejar a gravidez é a primeira forma de contribuir para o desenvolvimento saudável nos primeiros mil dias do bebê

 

2 – Alimentação saudável durante a gravidez

Manter uma dieta equilibrada, com alimentos saudáveis, durante a gravidez é outro cuidado que influencia nos primeiros mil dias do bebê. Entre os nutrientes que não podem faltar no cardápio da futura mamãe podemos citar o ferro, vitamina C, cálcio, ômega-3 e fibras.

A alimentação saudável também contribui para o controle do peso da gestante, que deve ser adequado (nem muito, nem pouco) para proporcionar um crescimento saudável do feto. Mulheres que engordam demais podem desenvolver a diabetes gestacional, que oferece grandes riscos para a criança.

Mas nada de extremos. Assim como engordar muito não é bom, não ganhar o peso adequado também não é saudável. Mulheres que fazem dietas restritivas, por exemplo, não conseguem oferecer os nutrientes necessários para o ganho de peso do bebê.

Gravidez saudável: alimentos que aumentam a imunidade

Beber água na gravidez é fundamental para a saúde do bebê

primeiros mil dias do bebê

Manter uma dieta equilibrada e um controle no ganho de peso na gestação também são cuidados essenciais nos primeiros mil dias do bebê

 

3 – Vacinas em dia

A gestante deve cumprir com rigor as recomendações médicas quanto às vacinas obrigatórias nesta fase. Ao se imunizar, a futura mamãe também passa para o bebê importantes anticorpos, protegendo-os de doenças como influenza (gripe), hepatite B, difteria, tétano e coqueluche.

Mas os cuidados não param com o nascimento do bebê. A criança também tem um rigoroso cronograma de vacinas para ser cumprido nos primeiros dois anos de vida. Sabemos que é de cortar o coração ver a criança sofrendo com as picadas, mas é um cuidado necessário e evita que doenças sérias a atinjam.

Conheça as vacinas do bebê no primeiro ano de vida

Vacinas para grávidas: confira as doses obrigatórias

primeiros mil dias do bebê

As gestantes devem se proteger (e ao bebê) cumprindo as recomendações médicas quanto às vacinas obrigatórias nesta fase

 

4 – Prepare-se para o parto

Um parto adequado é outro passo para contribuir com o desenvolvimento saudável da criança. Uma das principais precauções é evitar a cesariana agendada, que favorece as chances do bebê nascer antes do tempo e sofrer com complicações. Aguardar o início do trabalho de parto é uma forma de esperar que o bebê esteja realmente pronto para nascer.

Também é importante preparar o corpo para o parto, com exercícios que trabalham o períneo (região localizada entre a vagina e o ânus, que sustenta os órgãos pélvicos). As mulheres que têm esse cuidado apresentam maiores chances de um trabalho de parto adequado e, consequentemente, conseguem um parto normal.

Como aumentar a dilatação no trabalho de parto?

primeiros mil dias do bebê

Se preparar para o parto normal é outro cuidado importante nos primeiros mil dias do bebê

 

5 – Amamentação

O aleitamento materno é um dos principais cuidados que a mãe pode ter com seus filhos nos primeiros mil dias. O leite materno é um alimento completo: hidrata, alimenta, fornece anticorpos e todo o carinho que a criança precisa nos primeiros seis meses de vida, de forma exclusiva. E os especialistas ainda recomendam a amamentação – como complementação da alimentação – até os 2 anos de vida ou mais, contribuindo para o seu desenvolvimento cognitivo e imunidade. O movimento que o bebê faz ao sugar o seio também estimula os ossos do crânio, melhorando também a musculatura de todo o rosto e garante a formação correta dos dentes.

Leia aqui nossas matérias sobre amamentação!

primeiros mil dias do bebê

A amamentação deve ser exclusiva até o sexo mês de vida do bebê e complementar até os 2 anos ou mais

 

6 – Prezar pelo sono do bebê

Dormir bem é algo que vai além do simples descanso para os bebês. É no sono que os pequenos aprendem e consolidam tudo o que viram durante o dia. Os hormônios e células responsáveis por todo o funcionamento do seu organismo trabalham durante o sono.

Crianças que dormem pouco estão sujeitas a problemas como ansiedade, depressão e agressividade. Por isso, é tão importante que os bebês durmam o tempo necessário, de acordo com a sua faixa etária.

Não controle os horários das sonecas e do sono noturno do bebê nos seis primeiros meses. Somente após essa fase a criança pode seguir rotinas específicas, e que devem visar seu conforto e bem estar.

Série Sono Infantil: vamos te ajudar a fazer seu bebê dormir melhor

primeiros mil dias do bebê

O sono é extremamente importante para o desenvolvimento neurológico dos pequenos

 

7 – A importância do vínculo entre pais e bebê

Nada substitui a segurança e a proteção que a criança sente ao ter um vínculo próximo com os pais, reforçado por colo, carinho e contato físico. Esses estímulos são importantes para o desenvolvimento neurológico, emocional e até para a imunidade do bebê. Lembre-se: colo não “estraga” ninguém. Uma criança com uma base emocional sólida tende a ser um adulto mais seguro no futuro.

Estudos comprovam: colo faz bem!

primeiros mil dias do bebê

O estreitamento do vínculo emocional entre pais e bebê também é importante nos primeiros mil dias do bebê

 

8 – Brinque com o bebê

Sentar no chão, brincar e rir com o bebê é mais importante do que você imagina. Mais do que uma simples distração, as brincadeiras estimulam a criatividade, o desenvolvimento cognitivo e a segurança da criança. Mas não vale deixar que ela brinque somente com aparelhos eletrônicos.

A importância das brincadeiras na infância

primeiros mil dias do bebê

As brincadeiras são parte importante do desenvolvimento da criança nos primeiros mil dias do bebê

 

9 – Alimentação diversificada

Durante a introdução alimentar, os pais devem estimular o paladar do bebê com opções variadas de frutas, verduras, legumes, grãos, cereais e temperos naturais. Evitar ao máximo a introdução do açúcar e do sal em excesso, para que a criança conheça o real sabor dos alimentos. Também é importante seguir as recomendações do pediatra quanto ao preparo das refeições, forma que mudou nas últimas décadas. Um exemplo disso é o ato de amassar os alimentos com um garfo, ao invés de triturá-los no liquidificador.

Evite ao máximo: acesso frequente a alimentos industrializados, como refrigerantes, doces, iogurtes. A alimentação do bebê deve ser a mais natural possível.

Outra recomendação é respeitar a saciedade do bebê. Se o pequeno se recusar a comer tudo o que lhe foi oferecido, respeite e jamais forte. Desta forma, ele começa a entender sozinho qual é o seu limite alimentar e desenvolve uma relação saudável com a comida.

Introdução alimentar: cuidados na hora de preparar a papinha

primeiros mil dias do bebê

A família deve estimular o consumo de alimentos saudáveis na introdução alimentar nos primeiros mil dias do bebê

 

10 – Incentive a fala correta

Falar de forma diferente com os bebês é algo natural a qualquer adulto, mas é importante estimular a fala correta conforme os pequenos forem crescendo. Conversar com a criança de forma pausada (desde recém-nascido, mesmo que eles “não entendam”), cantar músicas, contar histórias e ensinar palavras novas é fundamental.

Cérebro do bebê: você pode estimular seu desenvolvimento

primeiros mil dias do bebê

Nos primeiros mil dias do bebê, estimule o desenvolvimento da fala conversando, cantando e contando histórias para o pequeno

 

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

 

Leia mais

Viajar com bebê: dicas para escolher um hotel baby friendly

Viajar de avião com bebê: tire as principais dúvidas

Banho de ofurô para bebês tranquiliza e relaxa

Bebê pode entrar na piscina?

Como limpar a banheira do bebê?

A licença maternidade está acabando e agora?

Conheça as vantagens e os diferenciais do YouTube Kids

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário