HomeBebêsSaltos de desenvolvimento: entenda as mudanças que o bebê passa
saltos de desenvolvimento

Saltos de desenvolvimento: entenda as mudanças que o bebê passa

Se você tem um bebê em casa, já deve ter notado algumas fases em que ele fica mais irritado, dorme mal, perde o apetite e fica mais carente, solicitando a mãe o tempo inteiro. Nesses períodos, ele pode estar passando pelos saltos de desenvolvimento, que nada mais são do que aquisições de novas habilidades, em diversos aspectos:

  • desenvolvimento motor: aprender a usar grupos de músculos para sentar, andar, correr, ter equilíbrio corporal, mudar de posições e outros.
  • desenvolvimento do controle motor fino: usar as mãos para comer, desenhar, se vestir, tocar um instrumento, escrever, entre outros.
  • linguagem: desenvolvimento da fala, uso de linguagem corporal e gestos, comunicação e entendimento do que outros dizem.
  • desenvolvimento cognitivo: nos dois primeiros anos ocorre o desenvolvimento sensório-motor, que inclui habilidades de pensamento como aprendizado, entendimentos, resolução de problemas, raciocínio e memória.
  • desenvolvimento social: interagir e se relacionar com familiares, amigos e professores, mostrar cooperação e empatia.

saltos de desenvolvimento

Quando os saltos de desenvolvimento acontecem e o bebê aprende uma nova habilidade, ele fica tão animado e obcecado com a nova conquista, que pode querer praticá-la o tempo todo.

Então, um dos efeitos colaterais desse ritmo acelerado de desenvolvimento é a mudança de comportamento, principalmente durante o sono. O bebê tende a resistir às rotinas já estabelecidas e exige bastante paciência da família, principalmente da mãe.

Cada salto de desenvolvimento pode durar de alguns dias a semanas. Há crianças que não apresentam tantas alterações no comportamento, assim como outras que exigem mais atenção dos pais.

▷ Entenda os picos de crescimento do bebê

saltos de desenvolvimento

 

Quando os saltos de desenvolvimento acontecem?

Não é uma regra, pois cada criança é única, mas as fases de saltos de desenvolvimento costumam acontecer nas idades abaixo:

  • 5 semanas (1 mês): o bebê passa por mudanças significativas na visão, sendo que até então enxergava mais embaçado.
  • 8 semanas (quase 2 meses): começa a entender que existem sons, cheiros e sabores diferentes. O bebê também percebe que as mãos e os pés pertencem ao corpo e começa a tentar controlar estes membros.
  • 12 semanas (quase 3 meses): a criança passa a enxergar mais longe e se vira quando escuta um som, torna-se mais sensível às novidades.
  • 19 semanas (4 meses e meio): fase do desenvolvimento motor mais aguçado. O bebê pode começar a virar de costas e de barriga, se arrastar. Esse é um dos saltos mais longos: dura cerca de 4 semanas, podendo porém se estender por até 6 semanas. O bebê também fica mais carente costuma ter alteração significativa no sono e solicita mais colo, principalmente da mãe. É uma das fases que o bebê fica mais irritado também. Costuma ser uma fase “sentida” pela maioria dos bebês.
  • 26 semanas (6 meses): aprende a ter maior coordenação dos braços e das pernas. A maioria já consegue sentar sem apoio. Costuma reclamar quando a mãe sai de perto e não gosta de ficar sozinho.
  • 30 semanas (7 meses): o bebê tenta se jogar adiante para alcançar objetos e bate um objeto em outro. Pode começar a engatinhar, a falar algumas sílabas e entende melhor o conceito de permanência das coisas. Aprende a dar tchau e “estranha” mais pessoas desconhecidas.
  • 37 semanas (8 meses e meio): o bebê fica ‘temperamental’, chora com mais frequência. Quer ter mais atividades e protesta se não as tem! Dorme menos, tem menos apetite, movimenta-se menos e “fala” menos. Não gosta quando trocam a fralda ou suas roupas. Passa a entender que as coisas podem ser classificadas, por exemplo, sabe o que é comida e o que é animal. Pode começar a engatinhar.
  • 46 semanas (quase 11 meses): bebê costuma começar a entender o funcionamento de algumas coisas: chaves em fechaduras, meias nos pés, etc… Pode levantar-se sozinho por alguns segundos, movimenta-se mais, entende o “não” e instruções simples. É hora de impor limites.
  • 55 semanas (quase 13 meses): geralmente a fase em que o bebê começa a andar – um salto no desenvolvimento bem significativo.
  • 64 semanas (quase 15 meses): uso de palavras e gestos para expressar o que quer. Começa a comer sozinho e atende a instruções simples (ex: venha aqui, dê um beijo).
  • 75 semanas (17 meses): o bebê usa cerca de 6 palavras regularmente, gosta de jogos de imitação, gosta de esconder brinquedos, alimenta uma boneca, joga bola, dança, separa brinquedos por cor, formato e tamanho. Olha livros sozinho e consegue rabiscar com firmeza.

saltos de desenvolvimento

 

 

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

 

Leia mais

Banho de ofurô para bebês tranquiliza e relaxa

Como deixar a casa segura para o bebê engatinhar

10 benefícios da shantala para o bebê

Quando o bebê vai andar?

As primeiras palavras do bebê

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.