HomeBebêsAnemia em bebês: saiba como prevenir
anemia em bebês

Anemia em bebês: saiba como prevenir

A anemia em bebês é uma preocupação constante entre as mães — e não é por menos! Essa condição pode se manifestar em qualquer recém-nascido e significa a falta de uma proteína  super importante para o corpo: a hemoglobina. A boa notícia é que dá para tratar e prevenir!

Entrevistamos a hematologista pediátrica Dra. Ana Claudia Carramaschi Villela Soares, da Clínica Infantil Bem, para você ficar por dentro do assunto.

anemia em bebês

Como identificar a anemia em bebês?

A anemia é conhecida por ser uma condição silenciosa, mas tudo isso vai depender da causa — pode ser por influência genética ou deficiências na alimentação, por exemplo. De acordo com a Dr. Ana Claudia, os sinais mais comuns são:

– Prostração

– Palidez cutânea

– Apatia

– Cansaço

A pediatra lembra da importância de estar com as visitas ao pediatra e os exames do bebê em dia. “Na suspeita clínica de anemia, é preciso realizar os exames laboratoriais para confirmar ou afastar o diagnóstico”, completa.

Causas

Você sabia que existe mais de um tipo de anemia? Pois é, são mais de cinco classificações! Mas, segundo a Dr. Ana Claudia, a anemia em bebês mais comum é por deficiência de ferro e ela geralmente surge depois dos seis meses de idade, logo após o início da introdução alimentar.

Mas calma, mamãe! Nem tudo é culpa da alimentação. A  anemia em bebês também pode ter uma causa genética, por isso, é importante estar com a rotina de exames em dia. “A anemia falciforme é a doença hereditária mais comum em todo o mundo. Nesses casos, o diagnóstico é feito geralmente através do teste do pezinho”.

anemia em bebês

Prevenção: sim, ela existe!

A anemia em bebês é o grande inimigo das mamães, mas e se a gente te contar que você tem uma fonte para evitar essa condição no pequeno? Segundo a Dr. Ana Claudia, o aleitamento materno exclusivo até os seis meses de idade e a manutenção do aleitamento após a introdução alimentar é a principal forma de evitar a anemia.

E mais: uma alimentação rica em ferro de origem animal e vegetal também é importante na prevenção da anemia por deficiência de ferro. “Caso haja introdução de fórmulas artificiais, deve-se atentar a quantidade de ferro nas fórmulas para avaliar a necessidade de uso de medicamento para prevenção da anemia”.

A médica ainda alerta que, após a introdução alimentar, é recomendado a ingestão de vitaminas para prevenção da anemia até os dois anos de idade.

Anemia em bebês: como tratar?

A Dr. Ana Claudia esclarece que o tratamento se baseia em corrigir os erros alimentares e na reposição de ferro através de compostos vitamínicos. “Quando confirmado, são feitos exames a cada três meses para avaliar a resposta ao tratamento ou o acompanhamento clínico, caso  trate de uma anemia crônica”.

 

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

 

Leia mais

Moleira do bebê: entenda sua importância

Sono infantil: entenda o efeito vulcânico nos bebês

Primeiros dentes do bebê: medidas naturais aliviam incômodo

Vitamina D para bebês: suplemento previne doenças

Mesversário do bebê: um guia completo

 

 

 

 

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.