HomeBebêsAmamentaçãoTamanho dos seios interfere na amamentação?
tamanho dos seios interfere na amamentação

Tamanho dos seios interfere na amamentação?

Se você está grávida, deve estar ouvindo muitos conselhos, especialmente sobre a antiga crença de que o tamanho dos seios interfere na amamentação. Quem tem mamas consideradas pequenas costuma ouvir que corre o risco de ter pouco leite, assim como mulheres de seios fartos são “avisadas” que terão muito leite.

Mas a verdade é que o tamanho dos seios não tem relação nenhuma com a produção de leite materno e todas as mulheres são capazes de amamentar seus bebês, com a quantidade que eles necessitam. E isso pode ser facilmente explicado pela fisiologia do organismo da mulher.

tamanho dos seios interfere na amamentação

Será que o tamanho dos seios interfere na amamentação? Respondemos um dos principais mitos do aleitamento materno.

Tamanho dos seios interfere na amamentação?

A principal diferença entre mulheres de seios pequenos e as de seios grandes, na maioria dos casos, está somente na quantidade de gordura. O restante das mamas é composto por glândulas e músculos, que possuem particularidades de acordo com a pessoa.

Mas nada disso influencia na capacidade de produzir mais ou menos leite, se não houver condições pré-existentes, como problemas nos ductos mamários. Para que a mulher consiga amamentar, o organismo se prepara para o aleitamento da mesma forma, independente da quantidade de gordura nas mamas.

O mesmo vale para as mulheres que têm implantes nos seios, condição que não impossibilita a amamentação se não houver lesões nas glândulas e nos ductos. Já falamos sobre o assunto aqui! Em caso de dúvidas, a lactante deve pedir orientação em um banco de leite ou com buscar ajuda de uma consultora de amamentação.

tamanho dos seios interfere na amamentação

A única coisa que influencia na produção de leite materno é a demanda.

Produção de leite depende da demanda

O que determina se uma mulher terá muito ou pouco leite é a demanda, por isso os especialistas não recomendam determinar horários para o bebê se alimentar. O ideal é deixá-lo mamar pelo tempo que quiser, em livre demanda.

A sucção estimula a produção de leite materno, especialmente durante a noite quando há liberação do hormônio prolactina. Quanto mais o bebê mamar, mais leite a mulher terá.

Para dar uma forcinha na produção, a lactante deve manter uma alimentação equilibrada, beber em média três litros de água por dia e não ingerir nenhuma medicação sem orientação médica. Veja aqui mais dicas para manter a produção de leite em dia!

 

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

Leia mais sobre amamentação:

Seios caídos na amamentação?

Posições para amamentar: encontre a mais confortável

Amamentação previne câncer de mama

Amamentar emagrece mesmo? Veja dicas para perder o peso extra!

Vale a pena contratar uma consultora em amamentação?

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Comentário
  • Porque vocês não fazem a matéria a respeito das mulheres grávidas que tem o bico do seio invertido e são impedida de amamentar por essa deformação o que devemos fazer quando isso acontece

    1 de agosto de 2018