HomeBebêsVacina pentavalente protege contra cinco doenças
vacina pentavalente

Vacina pentavalente protege contra cinco doenças

A vacina pentavalente faz parte do Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde. Desde 2012 ela faz parte do calendário, substituindo a vacina tetravalente com a Hepatite B, diminuindo o número de injeções.

Proteção para cinco doenças

A vacina pentavalente garante a proteção contra cinco doenças: difteria, tétano, coqueluche, a bactéria haemophilus influenza tipo B (responsável por infecções no nariz e na garganta, entre outros) e a hepatite B.

▷ Surto de sarampo reforça importância da vacina

vacina pentavalente

Doses no 1º ano de vida do bebê

As crianças devem tomar três doses da vacina pentavalente: aos 2, 4 e 6 meses de idade. Os reforços necessários são realizados com a vacina DTP (difteria, tétano e pertussis), sendo que o primeiro é aos 15 meses e o segundo aos 4 anos de idade.

▷ Tem como aliviar a dor da vacina?

As doses são aplicadas no músculo vasto lateral da coxa, em crianças menores de dois anos, e na região deltoide nas crianças maiores.

Contraindicações da vacina pentavalente

A vacina pentavalente não deve ser administrada em crianças com hipersensibilidade a qualquer componente da fórmula e que tenham apresentado reação grave após aplicação da dose anterior:

  • Febre alta 48 horas após a aplicação (temperatura igual ou superior a 39° C);
  • Convulsões até 72h após a dose;
  • Colapso circulatório até 48 horas após a vacina;
  • Encefalopatia até sete dias após a aplicação.

Reações da vacina pentavalente

A vacina pentavalente costuma causar dúvidas entre os pais de primeira viagem, por causa das possíveis reações após a aplicação das doses.

▷ Vacina contra febre amarela em bebês: tire as principais dúvidas

vacina pentavalente

Leves reações podem ocorrer, como edema temporário no local da injeção, sensibilidade, vermelhidão e febre baixa. Mas esse tipo de sintoma não deve durar mais do que 72 horas e os pais devem monitorar a criança, procurando atendimento médico com urgência se a febre chegar aos 39º C.

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

Leia mais

Moleira do bebê: entenda sua importância

Vacina BCG: Por que ela é tão importante?

Infecção urinária em bebês tem difícil diagnóstico

Teste da linguinha é obrigatório em recém-nascidos

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.