HomeBebêsConheça as vacinas do bebê no primeiro ano de vida
vacinas do bebê no primeiro ano

Conheça as vacinas do bebê no primeiro ano de vida

Como o bebê não nasce com o sistema imunológico preparado para combater doenças e infecções, é preciso que ele tome algumas vacinas nos primeiros anos de vida para fortalecer as defesas do organismo e evitar o pequeno fique doente. E para não deixar dúvidas, hoje nosso post vai falar descrever todas as vacinas do bebê no primeiro ano de vida.

vacinas do bebê no primeiro ano

 

Conheça as vacinas do bebê no primeiro ano de vida

Ao nascer

BCG: essa é a primeira vacina que o bebê toma na vida, ainda na maternidade. Dose única, serve para prevenir as formas mais graves da tuberculose. Sabe aquela marquinha que você tem no braço? Então, essa é a cicatriz da BCG, ela se forma até os 6 meses de idade.

Hepatite B: protege contra a hepatite B, uma infecção viral que ataca o fígado. A vacina é produzida a partir de uma parte do vírus e deve ser aplicada, na coxa, em 3 doses.

2 meses

Pentavalente brasileira: composta pelas vacinas DTP, Hib e hepatite B. A primeira dose contra difteria, tétano, coqueluche, meningite, pneumonia e outras infecções causadas pelo Haemophilus influenzae tipo b, e a segunda dose da hepatite B (primeira dose foi tomada ao nascer). Sua aplicação é feita na coxa.

Pólio Oral ou Inativada: protege contra a paralisia infantil. Existem duas formas desta vacina: a oral (Sabin) produzida com o vírus vivo atenuado e a injetável (Salk) produzida com o vírus inativado, aplicada na coxa do bebê. Deve ser tomada em três doses.

Rotavírus: protege contra o rotavírus que causa vômito e diarréia e provoca desidratação. As gotinhas devem ser administradas em três doses.

Pneumocócica conjugada: protege contra algumas doenças causadas pela bactéria pneumococo, como pneumonia e meningite. Esta vacina é administrada na coxa e tem duas doses.

3 meses

Meningococo C conjugada: tem o objetivo de proteger o bebê da meningite e outras doenças causadas pela bactéria meningococo C. Deve ser administrada em duas doses e aplicada na coxa.

4 meses

Segunda dose das vacinas tomadas aos 2 meses – pentavalente brasileira, pólio, rotavírus e pneumocócica.

5 meses

Segunda dose da Meningococo C, tomada aos 3 meses.

6 meses

Terceira dose das vacinas pentavalente brasileira, pólio e rotavírus, todas aplicadas nos 2 e 4 meses.

Gripe: esta vacina protege contra o vírus influenza. A partir dos 6 meses é recomendado que a criança tome a vacina todos os ano. A primeira vez deve ser aplicada em duas doses com intervalo de um mês entre elas.

9 meses

Febre amarela: protege contra a febre amarela. Administrada em dose única.

1 ano

É dada a dose de reforço da Meningococo C, tomada aos 3 e 5 meses.

Tríplice Viral: protege contra sarampo, caxumba e rubéola. A primeira dose é aplicada quando a criança faz 1 ano de idade.

 

É muito importante levar a carteirinha de vacinação do bebê sempre que ele for ao posto de saúde tomar vacina, assim é possível mantê-la sempre atualizada. Em casos de reações, converse com o pediatra do seu bebê para aliviar os incômodos. Lembre-se, é melhor tomar todas as vacinas do bebê no primeiro ano e ficar incomodado um pouquinho do que precisar correr com alguma doença grave depois! Proteja sempre o seu pequeno, garantindo uma vida saudável e feliz! 😉

 

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

 

Leia mais

Teste do Pezinho: entenda a importância do exame

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.