HomeComportamento

Comportamento

Luzinhas de natal nas portas das casas, árvores montadas, as crianças estão de férias e o clima natalino está a solta!  E nada melhor do que aproveitar essa época do ano para passar um tempo juntinho

A vida sexual pós-parto pode ser a última coisa na mente de uma mulher, especialmente depois de ficar acordada a noite toda cuidando de um bebê recém-nascido.  Mas depois de um tempo, as necessidades sexuais voltam

Um problema que atravessa gerações e faz com que muitas famílias brasileiras ainda sofram é o racismo. Seja por ver filhos excluídos das brincadeiras, ler comentários maldosos na internet ou mesmo ser acusada de sequestrar

A Black Friday chegou, e a busca por ofertas está a todo vapor! Roupas, sapatos, eletrodomésticos

Conhecida por sua alegria e irreverência nas redes sociais, a youtuber Milla Cabral está prestes a apresentar um novo projeto, que promete ser uma marco em sua carreira. Dona do canal e do blog Vício Feminino,

Quem é pai ou mãe já se pegou rindo de situações inusitadas ou coisas estranhas que os bebês fazem no dia a dia. Seja em casa, na escola ou na casa dos avós, bebês têm

Nos últimos tempos, boa parte das famílias tem escolhido nomes curtos para os bebês. Seja por praticidade na escrita, ou por tendência, os nomes pequenos estão conquistando cada vez mais espaço. Criamos um top 10 com

As oscilações hormonais, a mudança no corpo e a expectativa para a chegada do bebê costumam mexer muito com o humor na gravidez. Mesmo sendo aspectos comuns nesta fase, é importante conhecer algumas práticas que podem

Comum no enxoval de bebê, a chupeta é considerada por muitos pais um recurso super útil para acalmar os filhos no início da vida.  O objeto, contudo, é associado a uma possível interferência no desenvolvimento

A leitura infantil tem um papel fundamental para o desenvolvimento pessoal, social e acadêmico dos filhos. Além de transportar os pequenos para diversos mundos e realidades, o hábito de ler estimula a imaginação e mostra

Dar remédio para criança! Essa frase já causa arrepio em papais, mamães e cuidadores. Não só pelo preço dos medicamentos, mas também sobre como fazer o filho aceitá-los. Nem sempre é fácil fazer a criança tomar

Além de influenciar nas amizades e no convívio social, uma criança nervosa acaba se descontrolando muito mais fácil, influenciando até mesmo nas relações familiares. O #FicarGrávida pesquisou sobre o assunto e selecionou 5 técnicas simples e