HomeComportamentoComo criar filhos menos consumistas?
filhos menos consumistas

Como criar filhos menos consumistas?

Que pai ou mãe nunca ouviu um “eu quero” ou “compra pra mim” durante as compras ou em um simples passeio com o pequeno? Criar filhos não é tarefa fácil, no mundo capitalista em que vivemos então, a cada dia que passa, nós nos tornamos mais consumistas, e ensinar princípios diferentes aos pequenos para não criar compradores compulsivos fica muito mais complicado! Hoje, nosso post é todo dedicado às melhores dicas para criar filhos menos consumistas e ensinar os pequenos a terem uma relação mais saudável com o dinheiro, evitando que comprem tudo o que vêm pela frente. Confira! 😉

filhos menos consumistas

A educação financeira desde pequeno é essencial para criar adultos menos consumistas e mais conscientes em relação ao dinheiro.

 

Confira dicas para ter filhos menos consumistas

Ter uma educação financeira é tão essencial quanto aprender a ler e escrever. Lidar com o dinheiro não é algo tão simples de fazer, por isso, deve ser tratado com os pequenos como algo natural, transformando este cuidado em algo rotineiro e comum. Abaixo, seguem algumas dicas para ajudar neste processo que envolverá toda a família.

 

Seja o exemplo!

Esta primeira dica não visa apenas o lado financeiro, mas toda a vida da criança! Se você estourar o cartão de crédito todo mês e viver com a corda no pescoço atolado em dívidas, é impossível você esperar que seu filho faça diferente.

 

Não viva em função do dinheiro

Viver pensando em quanto tem que trabalhar para fazer algo, ensina os pequenos que o dinheiro é mais importante que a família. Se não puder ir ao cinema no final de semana, vá à praia ou ao parque, leve um lanchinho de casa e aproveite o tempo livre com as crianças sem se martirizar e gastar mais do que suas posses permitem.

 

Dê ao pequeno uma mesada ou semanada

Explique que este é todo o dinheiro que ele tem para gastar, e que quando acabar você não lhe dará mais. Ensine como ele pode poupar para comprar algo mais caro e mais legal, e até a pesquisar antes de comprar para economizar ainda mais. Com o tempo, o pequeno vai aprender direitinho a melhor forma de gastar e poupar seu dinheiro.

 

Apresente as finanças da casa

Familiarizar as crianças com as contas pagas mensalmente é muito importante também. Assim a criança cresce sabendo que tudo tem um preço, nada vem de graça. Aproveite a deixa para contar o que você faz no trabalho para ganhar o dinheiro, as crianças são mais espertas do que acreditamos. Você vai se surpreender!

 

Diga não!

Dizer “não” constantemente às crianças pode até doer um pouquinho, mas é essencial para a formação de caráter do indivíduo. Ouvindo o “não”, ela vai aprender a valorizar melhor o “sim”. Esta dica vale para todos os âmbitos da vida da criança, criando, assim, um adulto mais consciente de suas atitudes.

 

Valorize as datas comemorativas

Aniversário, natal, páscoa, nestas datas as crianças sempre ganham algo por conta das respectivas comemorações, ensine seu filho a dar valor à elas mostrando o significado de cada data. Estar junto da família e fazer um programa diferente é muito mais divertido e importante do que simplesmente ganhar algo em troca do dia em si.

 

Ensine o pequeno a poupar

Neste caso não estamos falando apenas de guardar dinheiro, mas de economizar bens de consumo, como água, luz, gás, telefone… explique direitinho que o dinheiro economizado será usado em algo diferente, como uma viagem em família ou algo novo que todos poderão aproveitar.

 

Não troque sua ausência por presentes!

Essa não é bem uma dica para os pequenos, e sim para os pais! Estar presente na vida da criança vale muito mais do que qualquer bem material, e isso eles sentem no dia a dia. Conforme a criança vai crescendo, a ausência dos pais é capaz de abalar psicologicamente e refletir diretamente na vida adulta. Esteja presente de corpo e alma, deixe de lado o computador, o celular, esqueça o trabalho e tenha momentos de qualidade com os pequenos! Qualidade é muito melhor do que quantidade, as três horinhas que você passar brincando serão muito mais aproveitadas e valorizadas do que um dia inteiro ao lado da criança, mas com a mente em outro lugar, como no celular ou resolvendo problemas alheios. Garanto que você não vai se arrepender!

 

Criar filhos menos consumistas não é algo simples de se fazer, é um trabalho lento e que exige muita disciplina de todos. Ensinar às crianças que o dinheiro é importante, mas que ele não é tudo na vida, depende muito mais do exemplo dado pelos próprios pais! Os pequenos precisam aprender a dar valor para cada centavo, assim saberão lidar melhor com as próprias finanças quando crescerem, se tornando adultos mais conscientes.

 

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

 

Leia mais

– Produção independente e o impacto da criação sem pai

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário