HomeComportamentoPuerpério e as principais mudanças no pós-parto
puerpério

Puerpério e as principais mudanças no pós-parto

Puerpério é o nome dado ao período após o parto. Começa logo após o nascimento do bebê, dura cerca de 6 a 8 semanas e é um momento muito delicado. As mulheres se preparam para o parto, para os cuidados com o bebê, mas o puerpério muitas vezes é deixado de lado, pegando as novas mamães de surpresa. Ele é repleto de mudanças, tanto físicas quanto emocionais, trazendo uma enxurrada de emoções e novas descobertas.

As atenções estão voltadas para o bebê, mas as mulheres podem ficar muito sensíveis e vulneráveis, por isso é importante ter ao seu redor pessoas que estejam atentas e possam cuidar desses sentimentos.

puerpério

Adaptação ao novo papel de mãe

O corpo vai se preparando para voltar ao seu estado pré-gravidez, o útero se contrai, as mamas começam a produzir leite e enquanto essas mudanças físicas vão acontecendo, uma das principais mudanças emocionais pelas quais a mulher passa, é lidar com o novo papel que ela vai passar a exercer: ser mãe.  A partir do nascimento do bebê, a mulher precisa lidar com a perda da sua identidade. Ela passa por um processo de construção, que leva tempo, pois precisa se redescobrir, conhecer o seu bebê e quem ela é agora.

A relação da mulher com as pessoas muda. É preciso aprender a lidar com situações novas, deixar de fazer coisas que faziam parte da sua rotina e que traziam prazer. Também falta tempo para seus interesses pessoais, como sair com os amigos e as suas preocupações passam a ser outras. Muitas pessoas se afastam e a mulher se vê muito solitária, no meio dessa descoberta de como é ser mãe e de como cuidar do seu filho. As puérperas também perdem a sua independência, pois o seu dia, o seu sono e o seu tempo são totalmente adaptados às necessidades do bebê.

Aparece uma sensação de estranhamento e muitas mulheres referem que não se reconheciam nem no espelho durante esse processo. Aos poucos esse sentimento de estranhamento vai passando e as mães vão se conhecendo mais e ganhando confiança nessa nova configuração.

puerpério

Sentimentos conflitantes no puerpério

A chegada do bebê traz inúmeros sentimentos, como a felicidade por se tornar mãe, alívio por ter dado tudo certo no parto e o bebê estar saudável, a realização de um sonho, plenitude, amor, alegria, euforia. Espera-se que as mães estejam felizes o tempo todo, e isso pode causar medo de falar sobre as outras emoções, pois no puerpério não são só os sentimentos bons que aparecem.

O corpo está passando por uma queda nos níveis hormonais, por isso as mães podem se sentir cansadas e desanimadas. A atenção das mulheres está redirecionada e elas ficam a disposição do bebê o tempo todo, são privadas de horas de sono, se preocupam com o bebê, se sentem angustiadas e inseguras. Acham de que não vão dar conta, que não sabem o que estão fazendo, se sentem exaustas, solitárias e passam por uma oscilação de humor muito grande. É comum passarem pelo baby blues, caracterizado por tristeza, melancolia, choro constante, fadiga, irritabilidade (sintomas que desaparecem cerca de duas semanas após o parto).

As mulheres se questionam se deveriam estar sentindo tudo isso e se sentem muito culpadas, porém é importante lembrar que é muito comum e natural e a grande maioria das puérperas passam por esse momento de conflito.

É preciso paciência, pois tudo isso vai passar! É uma fase que faz parte do nascimento da maternidade e que vai trazer muito aprendizado.  Para quem tiver dúvidas sobre diferenciar os sentimentos do baby blues com a depressão pós-parto, clique aqui e confira outro texto sobre o assunto.

puerpério

 

Bruna Osorio – Psicóloga Clínica

CRP: 06/118617

Facebook: Bruna Osorio Psicologia

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

Leia mais textos de comportamento:

Você sabe o que é violência obstétrica?

Os diferentes aspectos da Maternidade

Medo de perder o bebê é sentimento natural

Dicas para superar as dificuldades na amamentação

Está com medo do parto? Psicóloga dá dicas de como superar

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário