HomeComportamentoTerapia na gravidez: Quais os benefícios do acompanhamento psicológico?
terapia na gravidez

Terapia na gravidez: Quais os benefícios do acompanhamento psicológico?

O pré-natal é o principal acompanhamento médico durante a gravidez, importante para acompanhar o desenvolvimento do feto e evitar complicações, prevenindo e tratando doenças que colocam em risco a saúde da mãe e do bebê. Ele ajuda a manter uma gestação mais saudável, cuidando da saúde física da mãe e do bebê. Mas é preciso cuidar também da saúde emocional, com a orientação psicológica e terapia na gravidez.

Esse acompanhamento, também chamado de pré-natal psicológico, se torna essencial para manter um equilíbrio entre a saúde física e emocional de mãe e bebê, abordando todas as emoções, sentimentos ambivalentes, dúvidas e inseguranças que surgem nesse momento.

terapia na gravidez

Momento de mudanças e preparativos

A gestação envolve muitas mudanças e é importante receber um suporte que ajude a compreendê-las. A primeira e mais visível é a barriga que começa a crescer. Também podemos perceber o enjoo que às vezes aparece, o humor que fica muito diferente, sentimentos de medo, de ansiedade, muita felicidade, dificuldade para aceitar algumas situações, idealizações sobre o bebê, alterações hormonais.

É um período cheio de preparativos e expectativas, no qual muitas decisões serão tomadas, responsabilidades serão assumidas, novos papéis dentro da família serão desempenhados. Também é preciso repensar a rotina, o relacionamento com o parceiro, pensar no parto, como será a vida após o nascimento, o desafio de desempenhar o papel de mãe, se haverão dificuldades em relação à amamentação.

Tudo isso ainda com a influência externa, com todos os palpites, com as coisas que acontecem de forma diferente do que foi planejado. A gestante precisa lidar com alguns medos nunca antes sentidos, com todas as novidades e também com decisões mais práticas, como escolher o nome, montar o enxoval, montar o quarto de bebê e muitos outros detalhes.

terapia na gravidez

Benefícios da terapia na gravidez

A terapia na gravidez pode ser realizada de forma individual, com o pai do bebê ou em grupo. Ela pode ser iniciada antes mesmo da gravidez, quando a mulher está se preparando para engravidar, ou em qualquer idade gestacional.

As gestantes ficam mais vulneráveis emocionalmente e esse acompanhamento psicológico vai auxiliar a passar por esse momento, que é ao mesmo tempo conturbado e maravilhoso, de maneira mais tranquila e respeitando suas limitações.

Além de ajudar a lidar com todos esses sentimentos, a terapia na gravidez pode também auxiliar mães que não planejaram ou não desejaram a gravidez, em casos de perdas gestacionais anteriores e dificuldades para engravidar, mães que não tenham apoio de nenhum familiar, incluindo do pai da criança, mulheres que tenham gravidez de risco, casos de depressão pós-parto, entre outros.

O papel da terapia na gravidez também é desmistificar a maternidade romantizada, levando sempre em conta a história e as possibilidades de cada mulher, oferecendo suporte para que elas possam se empoderar em suas escolhas, do seu corpo e das suas potencialidades, trazendo qualidade de vida emocional e confiança para desempenhar esse novo papel, que também envolve falhas e frustrações.

A terapia possibilita reorganizar as experiências vividas e entrar em contato com tudo o que acredita, com a sua forma de se perceber em relação ao mundo, e em relação ao que espera da maternidade. Ter um espaço de acolhimento e escuta, que priorize o emocional dessa mãe ajuda a prevenir distúrbios, e possibilita que ela entre em contato com o bebê real, não aquele que ela imaginava, facilitando assim, que o vínculo entre mãe e bebê se estabeleça de uma forma mais saudável.

Quanto mais amparada, informada e preparada a mulher estiver, mais fácil fica lidar com essas mudanças e sentimentos.

terapia na gravidez

 

Bruna Osorio – Psicóloga Clínica

CRP: 06/118617

Facebook: Bruna Osorio Psicologia

 

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

 

Leia mais textos de comportamento:

Culpa materna é sentimento vivenciado por muitas mulheres

Bebês arco-íris renovam a esperança após uma perda

Sharenting e a exposição das crianças nas redes sociais

Pais helicópteros podem atrapalhar o desenvolvimento dos filhos

Alienação Parental: Crianças são as maiores prejudicadas

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário