HomeGravidezExamesVocê sabe o que é altura uterina?
altura uterina

Você sabe o que é altura uterina?

Uma das melhores sensações da gravidez é ver a barriga crescer. Além de ser um sinal claro que está tudo indo bem o desenvolvimento do bebê, a barriga também é um símbolo que deixa a gestação “mais real” para a nova família. E para acompanhar se esse crescimento está dentro do esperado, o obstetra vai medir a altura uterina durante as consultas do pré-natal. Mas você sabe o que isso significa?

altura uterina

Entenda a medição da altura uterina

A partir da metade da gravidez, em média, o obstetra irá medir a altura uterina com uma fita métrica. Essa medida vai da parte superior do osso púbico até o topo do útero, que o médico consegue identificar apalpando a barriga da gestante.

Normalmente, a altura uterina equivale ao número de semanas da gravidez, com uma margem de erro de até 3 centímetros. Por exemplo: se você está com 20 semanas, a altura uterina pode ser de 17 a 23 centímetros.

Em caso de diferença entre a idade gestacional e a medição, o médico pode solicitar mais um ultrassom para confirmar os dados e verificar possíveis condições que podem estar prejudicando o crescimento do bebê. Explicamos melhor abaixo!

altura uterina

Altura uterina maior do que o normal

Quando a altura uterina é muito maior do que o esperado para a fase da gestação – como apresentar 30 cm para uma gestação de 25 semanas, por exemplo – o obstetra irá pedir um ultrassom para identificar condições como:

  • Gestação mais adiantada do que os exames anteriores apontavam;
  • Músculos mais flexíveis ou afastados (diástase), que podem ser em decorrência de gestações anteriores;
  • Miomas uterinos;
  • Gestação de gêmeos ou múltiplos;
  • Excesso de líquido amniótico;
  • Bebês posicionados acima da pelve, que pode acontecer em caso de placenta prévia;
  • Diabetes gestacional;
  • Macrossomia, quando o bebê está mais pesado que o normal.

Mas, calma! Nem tudo é problema! Muitas vezes a diferença entre a fase da gestação e a altura uterina é simplesmente um fator genético e o bebê é mais grandinho mesmo, só que perfeitamente saudável.

altura uterina

Altura uterina menor do que o normal

O médico também precisa investigar caso a altura uterina seja muito menor do que o normal. Da mesma forma que o caso anterior, é preciso identificar se a data provável do parto está correta, se há baixo nível de líquido amniótico e se o peso do bebê está dentro do normal.

Outra questão é a genética. Mulheres com porte menor e músculos abdominais definidos podem apresentar um crescimento uterino mais discreto, o que contribui para uma medição menor na altura uterina. Se o bebê estiver se desenvolvendo de forma saudável, não há com o que se preocupar!

No final da gravidez, quando o bebê já está encaixado, a altura uterina também pode ser menor. Doenças como pressão alta na gravidez podem contribuir para a restrição do crescimento do feto.

 

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

 

Leia mais

– Conheça os exames de pré-natal

– A importância da ecografia

– Cuidados com o cabelo na gravidez

– Aprenda a turbinar o cérebro do bebê ainda na barriga!

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário