HomeGravidezExamesComo escolher o obstetra? Veja dicas!
escolher o obstetra

Como escolher o obstetra? Veja dicas!

Já falamos aqui sobre a decisão de mudar de obstetra durante a gravidez, situação vivida pela blogueira Juliana Goes, que tomou a decisão na 30ª semana de gestação. E também pode vir a acontecer com qualquer mulher, que não se sinta mais segura com o acompanhamento ou simplesmente por divergências de opiniões quanto ao parto. Esse é um dos principais pontos a serem avaliados na hora de escolher o obstetra.

escolher o obstetra

Pode ser o ginecologista que me acompanhou sempre?

Sim! Na verdade, essa escolha é a mais comum. As mulheres que confiam em seu ginecologista, que as acompanham há anos – às vezes, desde a primeira menstruação – se sentem seguras de escolhê-lo para o pré-natal. Mas você não precisa se sentir obrigada a isso. E, antes de tudo, certifique-se que ele é obstetra também. Nem todos os ginecologistas são.

Mas mesmo que ele seja um médico capacitado e você não tenha do que reclamar esses anos da relação médico-paciente, vale a pena conversar com outras mulheres que realizaram o pré-natal e o parto com o profissional. Além disso é melhor verificar também:

  • Informações sobre formação e cursos;
  • Título de especialista pela Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo);
  • Se ainda faz partos e em quais hospitais;
  • Se fez ou ainda faz residência;
  • Se a maioria dos seus procedimentos são cesarianas ou parto normal.

Essa última informação você consegue com a operadora de plano de saúde, que também pode informar esse mesmo percentual do hospital escolhido para o parto.

escolher o obstetra

Peça indicações

Mesmo que você já tenha uma inclinação pelo seu ginecologista, não custa nada pedir mais indicações na hora de escolher o obstetra. Converse com amigas e familiares que já foram mães e analise suas experiências com outros profissionais.

Escolheu? Agende a primeira consulta!

Se você está confortável com a sua escolha, seja o seu ginecologista ou uma outra indicação, é hora de marcar a primeira consulta. É neste momento que vocês terão uma importante conversa que definirá se você continuará ou não com o profissional.

Lembre-se: você pode mudar de médico em qualquer etapa da gravidez!

escolher o obstetra

Como escolher o obstetra? Veja perguntas que você deve fazer!

  • Quero um parto normal. Ele incentiva este tipo de parto? Tem disponibilidade para aguardar o tempo do bebê? Posso contar com ele mesmo em férias, feriados e finais de semana? Ele cobra uma taxa extra?
  • Ele se mostra disponível 24 horas por dia, em caso de urgências?
  • Ele tem um substituto? Caso ele não possa me atender, por qualquer motivo, posso contar com um outro médico de sua confiança? Quem é ele?
  • Teremos um canal aberto, para tirar dúvidas e orientações? Você não precisa ter o telefone da casa dele, mas o profissional deve manter opções de contato que sejam práticas e eficientes.
  • O médico realiza partos no hospital da sua preferência? Isso é importante, pois é comum profissionais terem preferência por uma maternidade específica e não se sentirem à vontade em outras instituições.
  • Quero fazer um plano de parto. Ele saberá me orientar?
  • Terei o acompanhamento de uma doula. Ele está confortável com isso?

Com as respostas destas questões, você saberá se sente bem com a sua escolha e pronta para iniciar uma relação de confiança com seu médico obstetra.

 

 

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

 

Leia mais

– Conheça os exames de pré-natal

– A importância da ecografia

– Cuidados com o cabelo na gravidez

– Aprenda a turbinar o cérebro do bebê ainda na barriga!

 

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário