HomeGravidezEngravidar grávida é possível? Ciência diz que sim
engravidar grávida

Engravidar grávida é possível? Ciência diz que sim

Engravidar grávida? Ficção científica? História da carochinha?? Não! Realidade! Esqueça tudo o que você aprendeu sobre educação sexual: aparentemente é possível sim engravidar uma segunda vez enquanto você já está grávida.  A revista norte-americana NY Mag publicou uma reportagem sobre casos confirmados de superfetação, nome do fenômeno que permite duas gestações concebidas em períodos diferentes acontecendo simultaneamente em uma mesma mulher.

 

engravidar grávida

Engravidar grávida é possível, embora raro

 

“É a ovulação, fertilização e implantação de um segundo embrião durante a gravidez”, disse à BBC Mundo, serviço em espanhol da BBC, a médica María Ángeles Manzanares, da Clínica de Reprodução Assistida FIV Madrid, na capital espanhola.

A especialista indica que essa condição se deve ao aumento atípico dos níveis do hormônio estradiol na fase lútea média, que começa depois da ovulação e pode durar de uma a três semanas.
“Ocorre uma segunda onda de recrutamento folicular, ou seja, tem início o crescimento de um novo óvulo e, por consequência, uma nova ovulação”, explica Manzanares.

Para engravidar grávida, é necessário uma série de coincidências

 

Ou seja: para que esse fenômeno ocorra, precisa haver uma série de acontecimentos altamente improváveis em sequência: primeiro, os ovários da mulher devem liberar mais um óvulo (em uma gravidez normal, o corpo da mulher não libera mais óvulos). Em seguida, o sêmen precisa romper os bloqueios até o óvulo da mulher, que já está grávida. Finalmente, o óvulo fertilizado ainda precisa se prender à parede do útero, ainda que já exista um bebê crescendo lá.

 

engravidar grávida

Esqueça tudo o que você sabe sobre educação sexual!

 

Embora os bebês tenham sido concebidos em momentos diferentes, eles nascerão juntos. Sendo assim, a segunda criança teria um risco severo de nascer prematura demais. Mas antes de ficar paranóica e sair correndo atrás de seu ginecologista em busca de explicações, saiba que as chances de superfetação são extremamente baixas. Trata-se de um evento tão raro que, de acordo com um relatório publicado em um Jornal Europeu de Obstetrícia e Ginecologia, só há 11 casos no mundo inteiro relatados até o momento.

 

Leia mais:

– Descubra o melhor momento para fazer o teste de gravidez

– Aplicativos de celular ajudam tentantes a controlar ovulação e fertilidade

 

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.