HomeBebêsFebre amarela na gravidez: vacina é contraindicada.
Febre Amarela na gravidez: Vacina só em necessidade real

Febre amarela na gravidez: vacina é contraindicada.

O surto de febre amarela que acometeu principalmente os estados de Minas Gerais e Espirito Santo causou alerta em todo País e uma preocupação em especial para quem está gestante. Em seu último boletim de atualização, divulgado no dia 7 de fevereiro, o Ministério da Saúde confirmou 195 casos da doença, com 69 mortes. Cerca de 20% das pessoas que contraem a febre amarela têm a forma severa da doença, com febre alta, icterícia e sangramentos, podendo chegar a óbito. Esses dados causam alerta e dúvida entre gestantes e mamães. Afinal, devo me vacinar contra a febre amarela na gravidez? Meu bebê pode ser vacinado? A partir de qual idade?

O que se deve saber a princípio é que o surto de febre amarela está restrito a áreas rurais de alguns municípios de Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo. Sendo assim, se você não está em nenhuma dessas áreas – lembrando que áreas urbanas não foram afetadas – não é necessário se vacinar. Se você pretende viajar para esses lugares, o ideal é adiar a viagem, mas se for imprescindível, o ideal é avaliar junto com seu obstetra a necessidade da vacina para febre amarela na gravidez.

 

Febre Amarela na gravidez: Vacina só em necessidade real

Febre Amarela na gravidez: vacina só em necessidade real

 

Vacina de febre amarela na gravidez é contraindicada. Saiba porquê!

 

A vacina contra febre amarela é preparada a partir de um vírus vivo atenuado, e pode causar reações como febre e mal-estar. Não há estudos que comprovem que esses vírus possam ultrapassar a barreira placentária e contaminar o bebê, mas o grau de periculosidade da doença exige atenção e cuidados, principalmente nesta fase tão delicada. Quem está tentando engravidar também deve evitar a vacina. A orientação do Ministério da Saúde é que se espere um mês após a vacinação para iniciar as tentativas.

 

Estou amamentando. Posso me vacinar?

 

A preconização é a mesma das mulheres grávidas. Caso a vacinação seja imprescindível, o ideal é suspender o aleitamento por 28 dias após a aplicação da vacina, evitando que haja contaminação do bebê através do leite.

Meu filho deve ser vacinado?

 

Sempre vale lembrar que a aplicação da vacina só deve ser levada em consideração se você mora em locais com surto confirmado. A vacina contra febre amarela faz parte do calendário de vacinação do Ministério da Saúde e é aplicada em bebês que residam em áreas endêmicas aos 9 meses de idade, com reforço ao 4 anos quando necessário. Em situações extremas, pode ser aplicada a partir dos seis meses, mas nunca sem orientação médica.

 

Leia mais:

 

 

 

 

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.