HomeGravidezAlimentaçãoGrávidas não podem comer carnes cruas ou mal passadas
carnes cruas e mal passadas estão proibidas na gestação

Grávidas não podem comer carnes cruas ou mal passadas

Você sabia que o consumo de carnes cruas como sushis, sashimis, carpaccio e carnes mal passadas, seja carne bovina e, principalmente carne suína, são contraindicados durante a gestação? A nutricionista Clarisse Corbelini, colaboradora do Alô Mamãe, explica que um dos principais motivos para evitar a ingestão de carnes cruas e mal passadas durante a gestação é o elevado risco de contaminação e intoxicação alimentar por vírus e bactérias presentes na carne, que são eliminados com o correto cozimento desses alimentos.

 

Carnes cruas ou mal passadas nem pensar!

carnes cruas e mal passadas estão proibidas na gestaçãoA toxoplasmose, causada pelo parasita Toxoplasma gondii, é uma potencial doença que também pode ser contraída com o consumo de carnes cruas. A nutricionista Clarisse Corbelini conta que a toxoplasmose durante a gestação pode trazer riscos como aborto espontâneo, parto prematuro, malformações do feto, baixo peso e morte ao nascer. Após o nascimento, os riscos para o bebê com toxoplasmose são muitos, desde inflamação dos olhos, podendo evoluir para a cegueira, aumento do fígado, pneumonia, convulsões até surdez e retardo mental.

 

Peixe cru faz parte da lista de alimentos proibidos

Quando falamos de alimentos proibidos durante a gestação, os peixes crus fazem parte da lista de alimentos banidos. O problema de consumir peixe cru grávida é a possível contaminação por um parasita dos peixes chamado Diphyllobothrium latum, uma espécie de helminto achatado (platelminto), também conhecido como “tênia dos peixes”.

A nutricionista do Alô Mamãe explica que a infecção causada por esse parasita é chamada de difilobotríase. “A infecção é semelhante à da tênia solium e tênia saginata, cuja contaminação ocorre através da ingestão de carnes de gado e porco mal cozidas. Por esse motivo, a ingestão de peixes crus, como sushis e sashimis, é contraindicada no período gestacional”, complementa a profissional.

 

Peixe assado e cozido está liberado!

O consumo de peixes durante a gestação é considerado saudável e deve ser estimulado, porém é imprescindível tomar cuidado com o preparo desses alimentos. Os peixe assados ou cozidos estão mais do que liberados, mas não consuma o pescado cru ou frito.

Os peixes, principalmente os com alto teor de ômega-3, como a sardinha e a cavala, são os mais aconselhados. O ômega-3 é uma gordura poliinsaturada e anti-inflamatória, composta por EPA (ácido eicosapentaenoico) e DHA (ácido docosahexaenóico). Estudos demonstram que o consumo de ômega-3, principalmente com um teor mais elevado de DHA, é extremamente benéfico durante a gestação e proporciona um melhor desenvolvimento cognitivo do feto.

 

Não deixe de ler:

Boa alimentação garante gestação saudável

12 nutrientes essenciais para a gestante

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.