HomeGravidezDicas, beleza e bem-estarInchaço na gravidez: saiba como evitar o desconforto
inchaço na gravidez

Inchaço na gravidez: saiba como evitar o desconforto

As mudanças no corpo durante a gestação são inevitáveis, mesmo assim, algumas delas podem ser controladas com a mudança de alguns hábitos. O inchaço no corpo pode ser uma das mudanças mais incômodas, mas a boa notícia é que existem formas de lidar com ele para diminuir os efeitos negativos que causa. A alimentação, prática de exercícios físicos, sedentarismo e, até mesmo, a temperatura de onde você vive são fatores que podem agravar o inchaço.

Pensando nisso, reunimos dicas de como lidar com esse problema e amenizar os efeitos que ele causa no corpo. Seguindo algumas orientações de seu médico combinadas a hábitos mais saudáveis, será possível melhorar a sua disposição durante a gravidez, dando uma levantada em sua auto-estima.

Veja nossas dicas para reduzir o inchaço na gravidez:

O inchaço normalmente aparece no terceiro trimestre de gestação, mas também é comum ocorrer antes da 35ª semana de gravidez. Isso dependerá de aspectos como a alimentação e saúde da mãe. No verão, as temperaturas elevadas podem piorar a retenção de líquidos, e consequentemente aumentar o inchaço. Por isso, é imprescindível que nos dias mais quentes as gestantes repousem por mais tempo e bebam muito líquido. Sempre que possível, desacelere seu corpo e mente da correria do dia a dia.

inchaço na gravidez

A drenagem linfática pode ser uma alternativa para diminuir o desconforto causado pelo inchaço na gravidez. Prefira fazer esse procedimento com um fisioterapeuta.

A causa do inchaço pode ser explicada com base na circulação sanguínea, que durante o período de gestação fica mais lenta, já que os vasos estão mais contraídos pelas mudanças no corpo. O inchaço mais comum interfere nas pernas e pés, especialmente ao final do dia e início da noite.

Se os dois lados do corpo são afetados, o inchaço pode ser considerado comum, mas se apenas um lado do corpo inchar, isso pode significar algum outro problema de circulação, como a trombose. Em todo caso, recomendamos que você converse com seu médico para saber o que é normal.

Hábitos como a prática regular de exercícios e uma alimentação sem frituras, gorduras exageradas e sem muito sal e condimentos ajudam a evitar o inchaço, que pode ser tão incômodo nessa fase. Outros costumes devem ser interrompidos antes mesmo da gravidez, como o tabagismo e sedentarismo.

Uma solução muito procurada pelas mulheres para combater o inchaço é a drenagem linfática. Nas gestantes, essa prática gera controvérsias e, por isso, recomendamos novamente que você consulte um especialista. Ele fará as orientações corretas para o seu caso.

A drenagem linfática é uma técnica que direciona o excesso de líquidos do corpo para os gânglios linfáticos, que irão eliminar os líquidos pela urina. Isso é feito por meio de uma leve massagem nas áreas que apresentam o inchaço. Nas grávidas, recomenda-se que a drenagem não seja feita na região da barriga e nem perto dela.

A massagem é indicada apenas a partir do terceiro mês de gravidez, mas é proibida para mulheres que apresentam algum problema de saúde relacionado à circulação sanguínea. Consulte seu obstetra para saber se o procedimento pode oferecer algum risco para você ou para o bebê.

Leia Mais:

Descubra os cuidados com a pele durante a gravidez

Cicatriz da cesárea pode sumir mais rápido com cuidados

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.