HomeGravidezPartoParto humanizado: um conceito de amor no nascimento
parto humanizado

Parto humanizado: um conceito de amor no nascimento

O parto humanizado, diferente do que muitos pensam, não é um tipo de parto, e sim um conceito, é a humanização de todo o processo pelo qual a futura mamãe passa durante o nascimento de seu filho. O conceito básico da humanização do parto consiste em deixar a natureza fazer o seu trabalho, com o mínimo possível de intervenções. Este conceito prioriza principalmente o bem-estar da mãe e do bebê, onde é ela quem escolhe quais passos serão seguidos durante todo o processo, para então segurar seu pequeno nos braços, sabendo que não só foi a responsável por gerá-lo, mas também por trazê-lo ao mundo.

parto humanizado

A interação entre mamãe e bebê nos primeiros instantes de vida é de primordial importância para fortalecer os laços entre eles.

Compreenda como funciona um parto humanizado e seus integrantes

A cesárea pode ser considerada um parto humanizado?

Há controvérsias quanto a cesárea ser ou não considerada um parto humanizado, pois se trata de um procedimento cirúrgico de médio porte. Porém, é possível fazer a cesárea de forma mais humana. O parto humanizado prioriza a saúde e o bem-estar da mamãe e do bebê e, em alguns casos específicos em que o parto normal não é possível ser realizado e a única solução é o procedimento cirúrgico, você pode passar por este momento de forma mais tranquila e humanizada, participando, na medida do possível, de tudo o que acontece.

Acredita-se que você pode fazer uma cesárea humanizada, desde que você esteja com seu acompanhante, o bebê lhe seja entregue assim que nascer para mamar, e que tudo aconteça da forma mais tranquila possível. Com tudo isso, você sentirá que, mesmo passando por um procedimento cirúrgico, tudo aconteceu o mais natural que pôde.

Acompanhante

Uma pessoa especial, normalmente o pai, deve estar presente durante todo o processo, tranquilizando a mamãe e dividindo este acontecimento tão especial. Este também é o momento ideal para o papai criar e fortalecer um vínculo com o bebê.

Equipe de profissionais

A importância de ter uma equipe de profissionais é essencial, pois caso ocorra alguma necessidade de intervenção, eles o farão prontamente. Eles também são responsáveis por acompanhar todo o processo, passo a passo, e analisar a segurança da mamãe e do bebê a todo instante.

Doula

A doula é uma profissional que acompanha a futura mamãe desde a gravidez. É ela quem ensina técnicas de respiração para ajudar durante as contrações, faz massagens e dá dicas importantes a serem seguidas. Ela também é responsável por explicar todo o processo de parto pelo qual a gestante irá passar, pois quando você está ciente de todos os passos, tudo fica mais tranquilo.

Não é com o nascimento que a doula se despede, muitas mamães de primeira viagem ainda continuam com o acompanhamento para auxiliar na amamentação e nos cuidados com o recém-nascido.

Você decide

Todo o processo é decidido pela mãe, desde o local em que o bebê irá nascer (por exemplo: em uma cama, piscina), até a posição mais confortável para o nascimento (de cócoras, deitada de barriga para cima ou até em pé). Os profissionais e a doula deverão sempre instruir e explicar todas as opções para que você possa sentir-se co-responsável por tudo o que acontece, até o momento em que o pequeno esteja finalmente em seus braços.

parto humanizado

Trazer seu filho ao mundo naturalmente, sem intervenções, permite que a mulher perceba toda força e garra que existe dentro dela.

Segundo a Organização Mundial de Saúde: humanizar o parto é um conjunto de condutas e procedimentos que promovem o parto e o nascimento saudáveis, pois respeita o processo natural e evita condutas desnecessárias ou de risco para a mãe e o bebê.

Resumindo tudo o que foi dito até agora, o parto humanizado é a garantia de que a relação mamãe-bebê será respeitada e todo o processo de nascimento ocorrerá seguindo os passos designados pela mãe, da forma mais natural possível, com o mínimo de intervenção, e este recurso apenas será utilizado em último caso, quando os riscos forem menores do que se não o utilizar.

Agora que você já sabe o que é um parto humanizado, converse com seu obstetra, caso veja necessidade, contrate uma doula, faça seu plano de parto e prepare-se para o momento mais importante de sua vida! E quando chegar a hora, você estará devidamente preparada para receber seu pequeno em seus braços da forma mais humanizada possível! E como diriam as vovós, uma boa hora! 😉

 

Leia mais

– Número de cesarianas no Brasil preocupa

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.