HomeGravidezSeios na gravidez: principais mudanças e cuidados
seios na gravidez

Seios na gravidez: principais mudanças e cuidados

A gestação provoca muitas mudanças no corpo da mulher e uma delas acontecem nas mamas, que ficam mais dolorosas e crescem em ritmo veloz. Os seios na gravidez passam por essa transição pois, quando o óvulo é fecundado, toda a estrutura mamária se prepara para poder produzir leite.

seios na gravidez

8 mudanças dos seios na gravidez

Com a alteração hormonal, a gestação traz uma infinidade de alterações no corpo da mulher como crescimento da barriga, dores nas costas e alterações de humor. Os seios na gravidez também indicam algumas mudanças próprias desse período. Confira alguns sintomas:

1. Os seios na gravidez crescem e ficam mais pesados

Basta uma conversa com uma mulher no final da gestação para descobrir como os seios na gravidez ficam consideravelmente maiores, podendo aumentar cerca de dois números. Isso acontece porque a quantidade de tecido gorduroso cresce, assim como o fluxo de sangue.

A partir da sexta semana de gestação, eles ainda podem ficar mais pesados por causa do inchaço típico da gestação. Esse é um resultado da retenção de líquidos, um efeito colateral bem comum devido ao aumento de progesterona e de estrógeno no organismo que facilitam o crescimento dos dutos de leite e das glândulas mamárias. 

seios na gravidez

2. Ficam mais sensíveis e podem “formigar”

Sabe aquele desconforto que sentimos nos seios no período pré-menstrual? Pois bem, eles podem ficar um pouco piores e permanentes na gravidez. Aliás, esse é um dos primeiros sintomas da gestação.

Muitas futuras mamães relatam que desconfiaram da gravidez justamente pelo desconforto nos seios, junto à ausência da menstruação. A sensação de formigamento ocorre devido à combinação do sangue extra e do inchaço, que acompanham a mulher por todo o período.

Há, ainda, quem diga que o bico das mamas queimam ou ficam bastante doloridos. 

3. Eles precisam de um suporte mais elaborado

Com o crescimento da barriga e dos seios, todo o seu corpo fica mais pesado, o que pode contribuir para terríveis dores nas costas, muito comuns no último trimestre. Por isso, invista em sutiãs de algodão e deixe os sintéticos de lado nesse período.

Preze, também, pelos modelos que oferecem uma sustentação melhor, como os que têm alças mais largas. Em relação ao formato dos sutiãs, evite os do tipo meia-taça e os que têm aqueles “ferrinhos” embaixo do bojo. Como os seios já estão mais sensíveis e doloridos, essas peças podem causar bastante desconforto.

seios na gravidez

4. As veias ficam mais visíveis

A estética dos seios pode não ser das melhores durante a gravidez. O desenvolvimento da gestação fará com que as veias fiquem com um perfil azulado e bem mais visíveis, como resultado da dilatação dos vasos pelo fluxo sanguíneo extra.

Elas começam a aparecer bastante por volta da 32ª semana. Então, é normal que, a partir do oitavo mês da gestação, seus seios estejam com as veias mais aparentes do que nunca!

5. Eles passam a produzir óleo

As glândulas de Montgomery, aquelas bolinhas ao redor da aréola, costumam crescer e produzir óleos, tudo com o objetivo de proteger os mamilos da chance de rachar ou secar. Provavelmente, você nunca nem notou a presença delas, porque costumam ser muito discretas. Mas, na gravidez elas ficam bem mais protuberantes.

 Ah, nunca aperte as glândulas, pois elas podem ficar bastante doloridas!

6. Eles coçam e as temíveis estrias podem aparecer

As indesejáveis estrias podem começar a dar o ar da graça nesse período. Todo esse crescimento no tamanho dos seios faz com que a pele da região seja esticada, o que é um prato cheio para o aparecimento delas.

Para evitá-las, a melhor estratégia é manter a pele profundamente hidratada, especialmente depois do banho e na hora de dormir. Assim, as chances de haver os rompimentos nos tecidos que geram as estrias diminuem bastante.

seios na gravidez

7. Os mamilos escurecem e ficam maiores

Para facilitar a amamentação, o mamilo também fica mais largo e escuro. Essa situação é reflexo das altas taxas de estrógeno no corpo. A hiperpigmentação nos bicos das mamas é um sinal conclusivo da gravidez.

Sabe por que isso acontece? Como os recém-nascidos não têm uma visão muito desenvolvida, o corpo da mãe faz questão de deixar os mamilos maiores e mais escuros, como se fossem um alvo para o bebê. Que loucura, né?

8. Podem ocorrer vazamentos de colostro

Mais próximo do terceiro trimestre, você pode perceber um líquido que começa a sair do mamilo. Esse é o colostro, um leite inicial para os primeiros dias depois do parto. Isso acontece porque, desde o começo da gestação, o corpo começa a gerar prolactina, o hormônio que estimula a produção de leite.

seios na gravidez

Você já reparou algumas das mudanças que citamos aqui? Compartilhe sua experiência nos comentários!

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

Leia mais

Amamentar na gravidez: pode ou não pode?

5 dicas para lidar com a ansiedade pré-parto

Mitos e verdades sobre a região íntima na gravidez

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário