HomeGravidezSexo pós-parto: tire as principais dúvidas
sexo pós-parto

Sexo pós-parto: tire as principais dúvidas

O sexo é uma parte importante da relação e deve ser discutido com amor, carinho e respeito, principalmente após o parto. O assunto não deve ser um tabu entre o casal, que também pode ser orientado pelo médico. Com informação e paciência, o sexo pós-parto pode ser confortável e gerar prazer para a mulher e para o homem.

Buscamos as principais dúvidas sobre o assunto e preparamos um guia completo sobre o sexo pós-parto:

1 – Quanto tempo após o parto a mulher pode voltar a ter relações sexuais?

A retomada da vida sexual após o parto pode levar cerca de 6 semanas (30 a 40 dias), para que o corpo da mulher se recupere do parto e de todas as mudanças fisiológicas necessárias para a gravidez. Além disso, a explosão de hormônios dessa fase – muita vezes marcada pelo baby blues – deixa a maioria das mulheres cansadas e com a libido em baixa.

▷ Diferenças entre Baby Blues e Depressão pós-parto

A adaptação com a amamentação nem sempre é fácil, o que também exige uma dedicação integral ao bebê. Além disso, a relação sexual pode ser dolorosa e aumenta o risco da mulher desenvolver algum tipo de infecção no útero. Por essas e outras razões, os médicos não recomendam o sexo com penetração. Mas o casal pode manter outras formas de contato íntimo.

sexo pós-parto

 

2 – Se a mulher estiver se sentindo bem e teve um parto tranquilo, o sexo pode ser retomado ainda no resguardo?

Não! Os especialistas são categóricos que o período do resguardo deve ser respeitado, mesmo que a mulher se sinta disposta para o sexo pós-parto. O tipo de parto também não influencia nessa questão. O maior cuidado é com a recuperação do útero, que precisa de pelo menos 30 dias para se recompor.

 

3 – Mulheres que tiveram parto normal têm mais dificuldade de retomar a vida sexual?

Depende de cada caso. Alguns partos exigem demais da musculatura vaginal, principalmente em caso de bebês maiores e intervenções médicas, como uso de fórceps e episiotomia. Uma das consequências é a redução do tônus muscular na região. Manter uma rotina de exercícios pélvicos, inclusive durante a gravidez, reduz esse incômodo e ajuda na retomada da vida sexual após o parto.

 

4 – Se eu amamentar, não preciso me preocupar com uma nova gravidez.

Muitos casais acreditam que não precisam se preocupar com métodos contraceptivos no sexo pós-parto, pois a amamentação impede uma nova gravidez. Mas é preciso cautela!

Realmente a mulher não está fértil logo após o parto, mas não dá para prever por quanto tempo. Apenas a amamentação em livre demanda impede a ovulação e, mesmo assim, não é uma garantia. Quando a mulher volta a menstruar, ela já estava fértil há cerca de duas semanas – ou seja – poderia ter engravidado sem saber.

Para evitar uma nova gravidez no pós-parto, converse com o seu médico sobre um método contraceptivo compatível com a amamentação.

▷ Dá para engravidar amamentando?

sexo pós-parto

 

5 – Mulheres que fizeram uma cesárea podem voltar à vida sexual antes?

Não, pois o corte pode infeccionar. O período de resguardo é o mesmo recomendado para o parto normal: cerca de 30 a 40 dias.

 

6 – É normal a lubrificação diminuir?

Sim, a mucosa vaginal pode ficar mais ressecada no período pós-parto. Isso acontece por causa dos níveis hormonais, que ficam mais baixos. Isso é influenciado também pela amamentação, através da ação do hormônio prolactina, que estimula a produção de leite mas inibe a líbido. Se o casal sentir necessidade, pode usar um lubrificante artificial. Consulte o médico sobre opções seguras para o período. Exercícios físicos e de relaxamento também são aliados da libido.

 

7 – É normal sentir dor nas primeiras vezes?

Você pode sentir um desconforto sim, principalmente pela diminuição da lubrificação que falamos acima. Mas converse com o médico se a relação sexual for dolorosa demais. Sentir dor é um sinal de que algo não vai bem!

▷ 7 dicas de beleza para mães de recém-nascido

sexo pós-parto

 

8 – Alguma posição é mais confortável para o sexo pós-parto?

Não existe uma fórmula ideal para o sexo pós-parto. A melhor posição sexual é a mais confortável para o casal!

 

9 – Há contraindicações para o sexo anal ou oral durante o puerpério?

O sexo oral pode ser realizado após o parto, sem problemas, desde que a mulher não force a cicatriz, em caso de parto cesárea. Já o sexo anal não é recomendado, assim como o vaginal. A prática aumenta o risco de a mulher desenvolver uma infecção.

 

10 – Como conciliar a vida sexual com a rotina de cuidados com o bebê?

Sabemos que ter um recém nascido em casa monopoliza quase que as 24 horas da família. Nem sempre é fácil arranjar tempo (e ânimo) para momentos a dois. Mas lembre-se que o sexo é importante e se tiver que ser planejado, que seja! Por menos romântico que pareça, vai ser difícil retomar a vida sexual nesta fase se não houver paciência e planejamento.

Vocês podem tentar os momentos em que o bebê esteja dormindo ou pedir ajuda para alguém que possa ficar com o bebê por algumas horas para o casal ter um tempinho. Por um tempo, mesmo que nunca fosse o estilo de vocês, pode ser que o melhor horário para o casal conseguir namorar seja durante a soneca da tarde ou nos dias que a vovó puder ficar com o pequeno. Com tempo, o sexo volta a fluir mais naturalmente e uma nova “rotina” é estabelecida para o casal.

▷ Depressão pós-parto masculina, a doença também atinge os pais

sexo pós-parto

 

 

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

 

Leia mais

Benefícios do parto normal para a mãe e bebê

Sexo na gravidez: tire suas dúvidas

Pode sair com o recém-nascido? Confira dicas para os passeios

Tratamentos estéticos pós-parto: esclareça suas dúvidas

 

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.