HomeGravidezExamesThaeme faz tratamento contra trombofilia. Entenda o porquê!
trombofilia

Thaeme faz tratamento contra trombofilia. Entenda o porquê!

Thaeme já é uma das mamães mais badaladas do momento. A gravidez da cantora está sendo acompanhada de perto pelos fãs, que se surpreenderam com a notícia de que ela precisa tomar uma injeção por dia pelo risco de desenvolver trombofilia.

Vamos entender melhor?

trombofilia

Gravidez de Thaeme: Risco de trombofilia

No Instagram, Thaeme contou para os fãs que fez uma série de exames antes de engravidar. “Foi uma escolha minha, porque eu poderia ter falado: ‘Não vou fazer tudo isso de exame’. Fazer só os exames normais e acabou. Mas uma grande amiga minha já tinha passado por três abortos por trombofilia. E ela acabou descobrindo na terceira gestação que ela tinha alguns fatores que aumentam a possibilidade de trombofilia. A gestação por si só já é um fator”, explicou a cantora, que passou por um aborto em maio deste ano.

“Esse fator de trombofilia que eu tinha detectado nos exames não era tão preocupante assim. Mas na primeira gestação quando eu acompanhei ele baixou demais mesmo”, contou Thaeme, que é casada com o empresário Fábio Elias. “A principal causa (do aborto) provavelmente tenha sido a má formação mesmo. Mas como a proteína S, do fator de trombofilia, baixou muito mesmo, pode também ter ocasionado”.

Tratamento com anticoagulante

Para prevenir um novo aborto e problemas na segunda gestação, Thaeme passou a tomar anticoagulante. “Nessa gestação, já sabendo de como me comportava a minha proteína S quando eu ficava gestante, eu tomei desde o início orientada pelo meu médico. Desde o dia que eu descobri o positivo. Vou ter que tomar uma picadinha por dia até 40 dias após eu ganhar o bebê. Eu só tenho a agradecer por existir essa solução para quem tem essa questão como eu”.

“Geralmente quando se perde o bebê para uma má formação esporádica, os médicos orientam a tentar novamente de forma natural. Mas eu fiquei com tanto medo de acontecer novamente, que eu e meu marido fizemos o exame cariótipo. Porque aí dando normal (…) a gente poderia tentar de maneira natural e foi o que aconteceu”, explicou a cantora.

“A maioria dos exames, principalmente esse de trombofilia, o plano [de saúde] não cobre. Infelizmente! É um saco! O meu plano passou a cobrir depois que eu perdi [o bebê] (…). É bom preparar o bolso antes, fazer uma poupança, porque esses exames não são baratos mas valem a pena”, concluiu.

trombofilia

O que é trombofilia?

A trombofilia acontece quando a pessoa tem predisposição para formar coágulos de sangue, aumentando o risco de complicações como trombose venosa, AVC ou embolia pulmonar. Todas essas condições são extremamente perigosas, especialmente na gravidez, com risco de óbito.

Na maioria dos casos, a pessoa não desconfia que tem trombofilia até o surgimento de um inchaço repentino, ocorrência de abortos ou complicações durante a gravidez.

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

 

Leia mais:

Conheça os exames de pré-natal

A importância da ecografia

Descolamento ovular na gravidez pode ocorrer no 1º trimestre

 Fator Rh: Como ele pode afetar a gravidez?

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Comentário
  • Fico feliz por vc. Mas infelizmente essa opção não sao pra todas.
    Também estou gravida de 24 semanas, tive tromboflebite com 8 semanas, a gestação está correndo td bem, no entanto preciso tomar esse medicamento, que provavelmente é clexane, mais não tenho condições financeiras para comprar.
    Ah, só pra avisar, minha filha também se chamará Liz.

    4 de dezembro de 2018

Deixe um comentário