HomeTentantesExames e TratamentosExame de sangue X teste de farmácia
teste positivo

Exame de sangue X teste de farmácia

Quando ocorre o atraso no ciclo menstrual e a suspeita de gravidez aflora, surge a dúvida: que tipo de teste de gravidez fazer? Afinal, o atraso menstrual pode ser o primeiro sinal de suspeita de gravidez – principalmente para as mulheres que têm o ciclo menstrual regular.

Os dois tipos de testes mais comuns para detectar a gravidez são o teste de farmácia e o exame de sangue. Muitas mulheres também recorrem aos testes de gravidez caseiros, mas vamos falar sobre isso em outro post.

Tanto o teste de farmácia quanto o exame de sangue avaliam a quantidade do hormônio Beta HCG (gonadotrofina coriônica humana). Esse hormônio é produzido pelo trofoblasto, que dará origem a placenta, ele atua na implantação do embrião. O HCG é o único hormônio exclusivo da gravidez, é a concentração dele na urina ou no sangue que pode revelar a gravidez.

Vamos ao embate: teste de farmácia x exame de sague

Teste de farmácia

Normalmente, assim que surge a suspeita da gravidez, é comum a mulher correr para a farmácia e comprar um teste de gravidez. Vendidos sem prescrição médica, os testes de gravidez de farmácia são práticos e de fácil manuseio.

Existe uma gama enorme de modelos e marcas de testes de farmácia. O teste de gravidez de farmácia detecta a presença ou ausência do hormônio beta HCG na urina. A interpretação do resultado é simples. A paciente deve urinar na fita ou colocar a tira mergulhada em um recipiente com a urina e aguardar alguns minutos (o método vai depender do teste que você comprou. Leia as instruções atentamente!). A presença de duas linhas indica resultado positivo, mesmo que a segunda ainda esteja clara.

Cuidado com os falsos-negativos: apesar de muitos fabricantes alegarem que os seus testes de gravidez têm 99% de eficácia, falsos-negativos acontecem. Há muitos testes com sensibilidade apurada no mercado e que permitem fazer a coleta da urina a qualquer hora do dia. Mas um falso-negativo pode ocorrer se a urina estiver diluída – por isso, o ideal é realizar o teste com a primeira urina do dia.

Além disso, a estrutura do HCG é parecida com a de outros hormônios, como o luteinizante (LH), o que também pode comprometer o resultado do teste – a concentração do HCG na urina é menor comparado à concentração no sangue. Além disso, os níveis de HCG vão subindo confirme a gravidez se desenvolve. Para resultados mais concretos, o ideal é esperar pelo menos 15 dias após a fecundação para fazer o teste de farmácia.

– Exame de sangue

O exame de sangue é mais seguro e pode apontar a gestação mais precocemente – antes do atraso menstrual. O exame de sangue que detecta a gravidez é chamado de Beta HCG. O Beta pode ser qualitativo (indica ou não a presença do hormônio no sangue) ou quantitativo (indica a quantidade de hormônio que foi detectada no sague).

A possibilidade do Beta HCG apresentar um resultado falso-positivo é pequena, mas algumas doenças raras podem aumentar os níveis de HCG.

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.