HomeTentantesExames e TratamentosFertilização in vitro: 7 mitos e verdades
fertilização in vitro

Fertilização in vitro: 7 mitos e verdades

A fertilização in vitro (FIV) é uma das técnicas mais modernas e eficazes no tratamento de infertilidade.

Você sabia que o primeiro bebê de proveta – apelido dado aos bebês nascidos através da FIV – foi a Louise, que nasceu em 1978?

A partir daí a técnica foi aperfeiçoada e hoje é indicada para vários casais, com os mais diferentes tipos de dificuldade para gerar bebês.

fertilização in vitro

Confira alguns mitos e verdades sobre a fertilização in vitro

1 – A fertilização in vitro é indicada apenas para mulheres que possuem problemas nas trompas.

Mito. Antigamente a técnica era realmente direcionada às mulheres que possuem alterações nas trompas, com a obstrução das tubas. porém a realizada hoje é outra. Casais que possuem os mais diversos problemas de fertilidade podem se beneficiar do tratamento, como alterações nos espermatozoides, endometriose, idade avançada da mulher, entre outros.

2 – A melhor solução para casais inférteis é a fertilização in vitro

Mito. É muito importante que – antes de recorrerem a qualquer tratamento de reprodução assistida – as causas da infertilidade sejam bem investigadas. Na maioria das vezes, uma medida mais simples pode ser a solução do problema.

Inseminação artificial: entenda a técnica

3 – Inseminação artificial e fertilização in vitro são a mesma coisa

Mito. Muita gente ainda confunde inseminação artificial com a fertilização in vitro, mas as técnicas são diferentes. Confira aqui como cada uma funciona!

4 – A fertilização in vitro pode ser usada para prevenir doenças hereditárias

Verdade. O Diagnóstico Médico Pré-Implantacional (PGD) é um procedimento complementar da FIV cada vez mais comum, onde a família – sabendo da existência de alguma doença genética em sua família – selecionam os embriões que não possuam os genes potencialmente perigosos e responsáveis pela doença.

fertilização in vitro

5 – A técnica é totalmente eficaz

Mais ou menos. A FIV é realmente uma das técnicas mais eficazes, mas é preciso entender as probabilidades. As chances que um casal saudável tem de engravidar a cada ciclo de tentativas é de cerca de 20%, enquanto as chances de um casal que se submete à fertilização chegam a 50%, por ciclo (mês). Não é um tratamento 100% garantido, mas é o que oferece melhores chances para o casal.

6 –  Quanto mais embriões implantados, maiores as chances de sucesso

Mito. Existem regras do Código de Ética do Conselho Federal de Medicinal que determinam o número de embriões que podem ser implantados na técnica. Mulher com menos de 35 anos podem ter somente 2 embriões transferidos para o útero; de 35 a 40 anos, 3 embriões; e as mulheres com mais de 40 anos podem ter no máximo 4 embriões transferidos para o útero.

Conheça as normas de reprodução assistida no Brasil

7 –  É possível escolher o sexo do bebê

Mito. É uma informação erroneamente difundida pois essa é uma proibição do Conselho Federal de Medicina. Apesar de existirem técnicas biópsia embrionária que permitam a análise dos cromossomos do bebê e saber se ele será um menino ou uma menina, a escolha do sexo só pode ser feita em casos de doenças genéticas ligadas ao gênero.

8. O bebê da fertilização in vitro é mais frágil

Mito. O bebê gerado através de uma fertilização in vitro se desenvolverá da mesma forma que um bebê de uma gravidez natural.

 

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

 

Leia mais

SUS e Planos de Saúde devem custear fertilização

Mulheres têm maior chance de gravidez múltipla após os 40

Inseminação artificial: entenda a técnica

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.