HomeTentantesExames e TratamentosReversão da vasectomia: entenda o procedimento
reversão da vasectomia

Reversão da vasectomia: entenda o procedimento

A vasectomia é uma técnica cirúrgica conhecida como um método contraceptivo masculino, impedindo a concepção de forma definitiva. É uma escolha feita por muitos casais que já têm filhos e não desejam mais engravidar. Mas, se a vontade de uma nova gravidez surgir, o procedimento pode ser revertido. Na matéria de hoje, vamos falar sobre a reversão da vasectomia.

Entenda a vasectomia

Na vasectomia, os canais que transportam os espermatozoides dos testículos à uretra são ligados, impedindo sua presença no sêmen. O procedimento não impede a ejaculação masculina nem interfere na sensação de prazer nas relações sexuais.

Considerada pouco invasiva, a vasectomia é realizada em ambulatório com anestesia geral e tem duração de 2 a 4 horas. O homem é liberado no mesmo dia do procedimento.

reversão da vasectomia

 

Reversão da vasectomia

Por muitos anos, a vasectomia era um procedimento irreversível. Com o avanço médico e tecnológico, a reversão hoje é uma realidade e cada vez mais frequente. Os motivos que fazem os homens optarem pela reversão da vasectomia são diversos, mas os mais frequentes têm ligação com um novo relacionamento e a vontade da mulher em ter filhos.

O termo médico da reversão é vaso-vaso anastomose. No procedimento, o especialista faz a recanalização dos ductos que foram ligados na vasectomia, permitindo novamente a passagem dos espematozoides.

reversão da vasectomia

 

Sempre dá certo?

Nem sempre a reversão da vasectomia apresenta o resultado adequado. De forma geral, após 10 anos da vasectomia a taxa de sucesso diminui consideravelmente. Normalmente, ela varia de 20% a 80%. As chances de uma gestação natural acontecer após a reversão são de 30%. Também influenciam nesses números a idade da mulher e a presença de outros problemas de fertilidade, mesmo que o casal já tenha tido outros filhos.

Vale lembrar ainda que a reversão da vasectomia não tem efeito imediato. Os espermatozoides devem ser encontrados no sêmen de 6 a 12 meses depois do procedimento. Uma gestação natural pode demorar até 18 meses para acontecer.

Além disso, a recanalização dos ductos pode resultar em alguma obstrução parcial, diminuindo a concentração e a motilidade dos espermatozoides.

reversão da vasectomia

 

Há contra-indicações?

É difícil que um médico se negue a reverter uma vasectomia, mas vale analisar o quadro geral. O especialista pode desencorajar o procedimento quando a vasectomia foi feita há mais de 14 anos ou se a mulher está perto dos 40 anos de idade.

Nesses casos, o mais indicado é partir direto para tratamentos de reprodução assistida, como a fertilização in vitro. É possível obter os espermatozoides através de técnicas de aspiração diretamente nos testículos (conhecida como TESA).

   

 

Não quer perder nenhuma de nossas dicas??
Siga todas as nossas redes sociais

FacebookInstagram (@ficargravida) e Pinterest.

 

Leia mais

– As causas mais comuns da infertilidade masculina

– Problemas imunológicos impedem a gravidez

– A importância do ácido fólico para grávidas e tentantes

– Alimentos que afetam a fertilidade da mulher

– Estudo aponta que cafeína prejudica a fertilidade nas mulheres

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Ficar Grávida é um blog com conteúdo voltado para mulheres que estão grávidas, já são mamães e também para as que querem engravidar. Aqui, nós conversamos sobre gravidez, filhos, saúde, comportamento, decoração, histórias inspiradoras e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@ficargravida.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário